Muito Obrigado pela visita! Aproveite para se cadastrar gratuitamente como seguidor(a).

Todo bom professor ensina, mas também aprende com seus alunos! Conheça aqui mais de 400 artigos relacionados com Educação e a Matemática. Acesse e compartilhe!
Hoje é


Quer aprender Raciocínio Lógico, realizando muitas atividades e estudando sozinho? - Para acessar: →

Translate

terça-feira, 1 de julho de 2014

Perfil dos Profissionais da Educação no Brasil

Entendendo o que é a pesquisa Talis 
A Pesquisa Internacional sobre o Ensino e Aprendizagem (Teaching and Learning International Survey), coleta dados comparáveis internacionalmente sobre o ambiente de aprendizagem condições de trabalho dos professores nas escolas tanto em nível de Brasil, como também em outros países participantes desta tão importante pesquisa.

O relatório internacional da pesquisa Talis está disponível na página da OCDE na internet. O relatório brasileiro desta pesquisa, com resultados por unidade da Federação e por questões exclusivas do Brasil, foi divulgado em evento nacional de lançamento da Talis, no Inep, no dia 17 de novembro de 2013.

Dados Divulgados pela Pesquisa Internacional sobre o Ensino e Aprendizagem (Talis)






A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgou os resultados da Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem (Talis), coordenada no Brasil pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).  
As constatações indicam que no Brasil, 94% dos professores dos anos finais do ensino fundamental concluíram a educação superior. Mais de 95,1% acreditam que podem ajudar os alunos a pensar de forma crítica. 

A Talis realizada em 2013, seguiu os critérios de amostragem em 34 países, com mais de 106 mil professores que foram entrevistados e responderam à pesquisa. No Brasil, a amostra foi composta e aplicada em 14.291 professores e 1.057 diretores de 1.070 escolas.
O objetivo foi comparar internacionalmente a opinião de professores e diretores sobre desenvolvimento profissional, crenças e práticas de ensino, apreciação do trabalho dos professores, feedback (retorno) e reconhecimento do trabalho, além de outras questões acerca de liderança, gestão e ambiente de trabalho.

Perfil do professor no Brasil
Segundo dados colhidos junto da pesquisa Talis, o professor típico brasileiro é do sexo feminino (71%), tem 39 anos de idade e 14 anos de experiência no magistério, em média. 
Nos outros países, as mulheres também são a maioria nas escolas (68%), têm 43 anos de idade e 16 de experiência. Elas também são maioria em cargos de direção no Brasil (75%). Nos outros países, esse percentual é de apenas 49%.

Apesar da mídia, de um modo geral, afirmar que os professores do Brasil terem os menores salários do país em nível de formação superior, eles estão entre os que, passam o maior número de horas por semana em sala de aula ensinando. São 25 horas semanais, seis horas a mais do que a média dos países pesquisados. Eles relatam investir 20% do tempo de aula na manutenção da ordem e disciplina em sala. Além disso, no Brasil, 86,9% dizem estar, de modo geral, satisfeitos com o trabalho e apenas 13,5% se dizem arrependidos da opção pelo magistério, o que nos mostra o amor com que estes profissionais têm pela profissão escolhida.
Sabemos que existem muitos obstáculos a serem transpostos, para que o ensino de matemática atinja índices desejados de qualidade. Neste sentido, ressaltamos que aqui em nosso Blog, você vai encontrar dicas valiosas para implementarmos uma educação desejável, bastando acessar nossa matéria chamada: Como Eliminar os Erros no Ensino de Matemática, entre outros. 

Desenvolvimento 
A maior parte dos professores entrevistados participou de algum programa de desenvolvimento profissional nos 12 meses anteriores à pesquisa. No Brasil, os docentes passaram, em média, 21 dias em treinamento em organizações externas.  Nos outros países, essa média é de apenas sete dias. No entanto, os professores brasileiros relataram participação um pouco menor do que a média para outras atividades de desenvolvimento profissional, como em cursos e oficinas (66%), conferências e seminários (39%), visitas e observações a outras escolas (12%) e rede de trabalho de professores (26%).

A pesquisa também aponta que 60% dos professores brasileiros declararam ter grande necessidade de desenvolvimento profissional na área de ensino para alunos com necessidades específicas ou especiais. Esse é o maior percentual entre os países participantes da pesquisa.
Apenas 18,4% dos professores brasileiros concordam que os professores com melhor desempenho em suas escolas, recebem maior reconhecimento. A pesquisa pediu também opinião sobre a valorização da profissão, desempenho escolar, escolha pela profissão docente, avaliações nacionais e o índice de desenvolvimento da educação básica (Ideb), o que nos mostra que apesar deles terem um melhor desempenho, quase sempre não são reconhecidos pelos órgãos responsáveis.

Conclusão:
Segundo a pesquisa, a educação tanto aqui no Brasil, quanto em outros países pesquisados, nos revelam que essa atividade é realizada na sua maioria por mulheres, ou seja por professoras. No Brasil a maioria dos cargos de direção nas escolas também são efetuadas por mulheres (75%), enquanto que nos demais países os cargos de direção são ocupados por homens (51%).

Observamos nessa pesquisa que foi efetuada no ano de 2013, com 15.348 profissionais da educação do Brasil revelaram que: 
  • 94% ou seja 14.427 são diplomados e atuam no Ensino Fundamental;
  • 6% são leigos ou seja apenas 921, ainda não são diplomados e atuam também nesta modalidade de ensino;
  • 95,1% ou seja, 14.596 acreditam que colaboram e ajudam os alunos a pensar de forma crítica;
  • No Brasil, os docentes passaram, em média, 21 dias em treinamento em organizações externas, enquanto que nos outros países eles passam apenas 7 dias nestas atividades. Em atividades como cursos, oficinas, e seminários, aqui eles participam um pouco menos em relação aos outros países. Também observamos que, em nosso país, os professores na sua maioria estão satisfeitos e se sentem realizados com essa atividade e passam a maior parte de seu tempo em atividades docentes.
Segundo o texto, que foi retirado do Ministério da Educação, o então presidente do Inep, Chico Soares, afirmou ser importante comparar as condições de trabalho e as opiniões dos professores brasileiros com outros países. Ele afirmou que “Esses dados serão incorporados aos dados do Censo Escolar e das avaliações nacionais para que o Inep possa criar quadros ainda mais descritivos da situação educacional brasileira”.

Essa pesquisa, nos leva a concluir que, embora o professor brasileiro que no caso é em sua maioria do sexo feminino e se dedique mais aos estudos e treinamentos que seus pares em outras nações, eles ainda assim recebem menor salário que nos demais países que foram pesquisados, mas que sentem-se satisfeitos e realizados com a profissão escolhida, embora segundo a pesquisa não sejam tão valorizados pelos órgãos competentes.  Também verificamos que, segundo esta mesma pesquisa, eles até aquela data, não recebiam treinamento adequado para lidar com alunos com necessidades especiais, o que mostra o descaso do governo com esse problema aqui no Brasil.  Segundo a pesquisa, ela deve ser utilizada pelo governo para nortear o que deverá ser mudado e servir de base para novas propostas de ensino, a serem implementadas no futuro. Esperamos que os problemas relatados sejam resolvidos num curto espaço de tempo.  

Atenção: 
Se você quiser acessar conteúdos envolvendo pedagogia na educação com foco no ensino de matemática, recomendamos acessar nosso marcador chamado Pedagogia na Matemática!
Se ficou alguma dúvida ou quiser retificar, criticar, elogiar, acrescentar ou comentar sobre o post ou mesmo o site, deixe seu recado no espaço para comentários abaixo;
Caso tenha gostado, compartilhe com os amigos, usando os atalhos das redes sociais logo abaixo.  Desde já, agradecemos seu apoio e sua visita. 
                                                         Baseado no texto: Perfil de Professor e Diretor divulgado no site: http://www.brasil.gov.br/educacao/2014/06/pesquisa-internacional-revela-perfil-de-professor-e-diretor / Fonte: Ministério da Educação 

A Matemática Aqui é Simples e Descomplicada!





2 comentários:

  1. Parabéns, conteúdo muito interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado caro leitor(a), se gostou compartilhe com seus amigos.

      Excluir

Ficou alguma dúvida sobre a postagem acima ou quer deixar uma sugestão?
Escreva seu comentário no espaço apropriado, seja para elogiar, criticar ou expor dúvidas, que publicaremos e responderemos o mais rápido possível.

Atenção: Serão excluídos os comentários contendo propagandas e também aqueles que faltem com o respeito e educação a qualquer usuário do Blog ou, os que venham induzir nosso leitor a acessar conteúdos impróprios e eticamente não recomendados. Desde já, agradecemos sua participação!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...