Obrigado pela visita. Cadastre-se gratuitamente como seguidor(a)!

"O céu deve ser esférico, pois a esfera, sendo gerada pela rotação do círculo, é, de todos os corpos, o mais perfeito". (Aristóteles)
Hoje é


Faça Nosso Teste de Inteligência Grátis em Poucos Minutos e Conheça na Hora o seu Perfil! - Para acessar: →

Translate

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Os Maiores Matemáticos do Mundo!

Lista Aleatória com os Maiores Matemáticos de Todos os Tempos
Nessa publicação, estamos prestando uma pequena homenagem aos onze maiores matemáticos que já passaram pela história da matemática, desenvolvida em toda nossa humanidade e que nos deixaram inúmeras contribuições científicas de grande valor a todos. Sem seus trabalhos não teriamos todo o conforto que hoje estamos desfrutando, como uma indústria desenvolvida, sistemas de computação cada vez mais inteligentes, aparelhos telefônicos, internet e celulares, arquitetura, engenharia cada vez mais eficientes, agricultura mecanizada, entre tantas outras aplicações. É muito difícil sabermos qual deles foi o maior ou o melhor de todos, por isso eles figuram em nossa lista de forma aleatória.  Sabemos que existem muito outros que também são merecedores de figurar nesta lista e em nossos registros, como Albert Einstein, Évariste Galois, Al-Khwarizmi, e muitos outros, que pretendemos abordar futuramente. 

1. Pitágoras de Samos - (fundador da matemática moderna)
Pitágoras é considerado por muitos, como um dos maiores dos primeiros matemáticos da humanidade. Ele viveu entre os anos de 570-495 a.C, na Grécia moderna.  Foi conhecido por ter fundado a escola de Pitágoras, cujos realatos descritos por Aristóteles seria um dos primeiros grupos a estudar ativamente a matemática naquela ocasião.  A ele também é creditado o Teorema de Pitágoras até hoje muito usado na trigonometria.  No entanto, algumas fontes duvidam que seja ele quem construiu a prova deste teorema (alguns atribuem a prova aos seus alunos, ou mesmo a Baudhayana que viveu cerca de 300 anos antes dele, na Índia).  No entanto, o efeito positivo que o teorema nos trouxe, é muito expressivo na matemática fundamental.  Ele desempenha um papel importante também nas medições modernas, sobretudo nos equipamentos tecnológicos, além de ser a base de uma grande parcela dos estudos para outras áreas e desenvolvimento de outros teoremas em matemática.  Mas, ao contrário da maioria das teorias antigas, este desempenhou uma influência sobre o desenvolvimento muito grande da geometria, bem como abriu a porta para o estudo da matemática como um esforço meritório.  Assim, ele poderia ser chamado de o pai fundador da matemática moderna.

2. Leonhard Euler - (o rei da matemática)
Euler viveu entre os anos de 1707-1783, e é considerado como o maior matemático que já pisou neste planeta.  Ele juntamente com Einstein são considerados verdadeiros gênios.  Sua principal contribuição para o campo matemático é com a introdução da notação matemática, incluindo o conceito de uma função (e como ela é escrita como f(x)), funções trigonométricas taquigrafia, o "e" para a base do logaritmo natural (a constante de Euler), a letra grega Sigma para soma e a letra  “i” para as unidades imaginárias dos números complexos, bem como o pi símbolo para a relação do círculo de uma circunferência e o seu diâmetro.  São inúmeras suas contribuições para a matemática moderna, que são usadas por nós todos os dias até o incrível  número complexo.
Ademais, ele contribuiu muito ao desenvolver cálculo, topologia, teoria dos números, análise e teoria dos grafos, e, finalmente, ele abriu o caminho para a matemática moderna e todas as suas revelações.  É muito provável que os desenvolvimentos da indústria e tecnológicas que tiveram um crescimento espantoso nos nossos tempos, se devem muito aos seus descobrimentos no campo das muitas ciências e tecnologias  aplicadas às máquinas modernas.

3. Carl Friedrich Gauss - (o príncipe da matemática)
Ele fez sua primeira grande descoberta quando ainda era um adolescente, e escreveu o livro: Disquisitiones Arithmeticae, que é um livro-texto sobre a teoria dos números e foi escrito em latim no ano de 1798, quando ele tinha apenas 21 anos de idade. Relatos dizem que Gauss, por sua habilidade excepcional, conseguiu somar os números 1 a 100 em poucos segundos, enquanto ele frequentou a escola primária (com a ajuda de um truque inteligente).  Como prêmio o Duque local o enviou para estudar nas melhores escolas de seu tempo.  Após graduar-se em 1798 (com a idade de 22 anos), ele começou a desenvolver várias contribuições importantes nas principais áreas da matemática, mais notadamente na teoria dos números (especificamente sobre os números primos).  Ele teria conseguido provar o teorema fundamental da álgebra, e introduzido a constante gravitacional Gaussian na física, bem como desenvolver outros estudos importantes, tudo isso antes dele completar 24 anos.  Mas, ele continuou seus trabalhos até a sua morte que se deu aos 77 anos de idade, ficando conhecido também como o príncipe da matemática, pois foi com pouca idade que ele se destacou na matemática e física.

4. Euclides de Alexandria -(o pai da geometria)
Viveu em torno de 300 a.C, ele é considerado o pai da geometria por ter publicado sua famosa obra Os Elementos, que é uma das maiores obras de matemática de toda a história da matemática, com o seu uso na educação até o século 20.  Infelizmente, muito pouco se sabe sobre a sua vida, e o que existe foi escrito muito anos depois de sua morte presumida. No entanto, a Euclides é creditado com a instrução da prova rigorosa e lógica para diversos teoremas e conjecturas.  Esse quadro é usado ainda nos nossos dias, e assim, sem dúvida, ele teve a maior influência de todos os matemáticos desta lista.  Ao lado da obra Os elementos de Euclides foram outras cinco obras remanescentes, que teriam sido escritas por ele, usando em todas o tema da Geometria ou teoria dos números.  Existe ainda mais cinco obras que, infelizmente, foram perdidas ao longo da história.

5. Isaac Newton 
É considerado por muitos como o 'inventor' do cálculo infinitesimal moderno, e ainda fez diversas contribuições para esse campo da matemática.  Considerando por quase todos como um gênio por causa da sua grande contribuição científica épica Principia,
Em sua famosa obra Philosophiae Naturalis Principia Mathematica, ele foi considerado um dos mais influentes na história desta ciência. Sua obra, publicada no ano de 1687, descreve a lei da gravitação universal e as três leis de Newton, que fundamentaram a mecânica clássica.

6. Leonardo Fibonacci  ou Leonardo Pisano Blgollo
Blgollo, também conhecido como Leonardo Fibonacci, talvez seja um dos maiores matemáticos da idade média. Viveu entre os anos de 1170-1250, ficou conhecido por apresentar a famosa série de Fibonacci para o mundo ocidental.  Ainda que essa séria seria do conhecimento por matemáticos indianos, desde cerca de 200 a.C, no entanto, ficou conhecida por ele como uma sequência muito curiosa por aparecer em sistemas biológicos com muita frequência.  Além disso, Fibonacci também contribuiu muito para a introdução do sistema de numeração árabe, embora ele é muitas vezes esquecido por esse feito.  Ele teria passado grande parte de sua infância no interior do Norte de África, onde aprendeu o sistema de numeração árabe, e ao perceber que era muito mais simples e mais eficiente que os algarismos romanos que eram mais volumosos, decidiu viajar o mundo árabe e aprender com os maiores matemáticos do dia. Ao retornar para a Itália em 1202, ele publicou seu livro conhecido como Liber Abaci, em que o que os números arábicos foram introduzidos e aplicados para muitas situações do mundo para uma melhor utilização no cotidiano. Como resultado de seu trabalho, o sistema foi adotado gradualmente e hoje ele é considerado um dos matemáticos mais importantes no desenvolvimento da matemática moderna.

7) Alan Turing

Considerado como o cientista da computação, O Criptoanalista(Analista de criptografia) Alan Turing é visto por muitos como uma das maiores mentes do século 20. Trabalhou no descobrimento do código de Governo e na Escola Cypher da Grã-Bretanha, durante a Segunda Guerra Mundial, onde fez importantes descobertas e criou métodos inovadores para desenvolver um código que acabaria por ajudar a elucidar o enigma utilizado nas criptografias alemães.  Com isso, atingiu sem dúvida, o resultado da guerra, ou pelo menos na escala de tempo utilizada nas batalhas.
Após o final da guerra, ele investiu seu tempo na computação, chegando a idealizar uma máquina moderna para o seu tempo em estilo de computador. Ele é considerado como um dos primeiros verdadeiros cientistas da computação. Além disso, escreveu uma série com brilhantes artigos sobre o assunto de computação, que são muitos relevantes ainda hoje, nomeadamente sobre inteligência artificial, em que, desenvolveu o teste de Turing, que ainda hoje é usado para avaliar a inteligência das pessoas frente aos computadores. Em 1948, começou a trabalhar com DG Champernowne (David Gawen Champernowne), em que ambos desenvolveram um programa de computador para jogo de xadrez, utilizando-se de uma máquina que ainda não existiria naquela época. 




8. René Descartes

Filósofo francês, físico e matemático René Descartes é mais conhecido por sua filosofia "Cogito Ergo Sum" que significa "penso, logo existo".  Apesar disso, o francês, que viveu nos anos de 1596-1650, foi um dos maiores inovadores em contribuições para a matemática.  Ao lado de Newton e Leibniz, Descartes ajudou a fornecer as bases de cálculo moderno em que mais tarde, Newton e Leibniz construíria as bases do cálculo, por isso também teve grande influência sobre o campo da matemática moderna. Paralelamente, e talvez mais conhecido do caro leitor, é o seu desenvolvimento da Geometria cartesiana, criador do famoso gráfico padrão (desenvolvido por linhas de grade quadrada, eixos X e Y, etc.) e seu uso da álgebra até hoje para descrever os vários locais de suas coordenadas.  Antes dele, a maioria utilizava o papel comum (ou outro material ou de superfície) para desenvolver a sua arte e os seus estudos.  Anteriormente, essas distâncias tinham de serem medidas manualmente, dimensionadas passo a passo. Com a introdução da geometria cartesiana isto mudou dramaticamente, pontos podiam agora ser expressos como pontos num gráfico, e, como tal, poderia ser confeccionado os gráficos desenhados em qualquer escala. Estes pontos também não têm necessariamente de ser expressos por números.  A última contribuição para o campo era sua introdução aos expoentes dentro de álgebra para expressar a multiplicação com a mesma base em vários fatores.  Esse assim, como muitos outros que figuram nesta lista, contribuíram para o desenvolvimento da notação da matemática moderna.

9. G.F Bernhard Riemann - (Georg Friedrich Bernhard Riemann)

Bernhard Riemann, nascido em uma família pobre em 1826, subiria para se tornar um dos maiores matemáticos do mundo advindos do século 19.  Sua lista de contribuições para a geometria são grandes, e ele tem uma vasta gama de teoremas que levam o seu nome.  Para citar apenas alguns: Geometria de Riemann, riemannianos Superfícies e integral de Riemann.  No entanto, ele é talvez o mais famoso por sua legendaria e difícil Hipótese de Riemann; que foi um problema extremamente complexo sobre a questão da distribuição de números primos.  O problema ficou ignorado para os primeiros 50 anos após a sua exposição, e também devido a alguns outros matemáticos realmente não entender seu trabalho.  Atualmente, sua questão ficou rapidamente famosa, para se tornar uma das maiores questões em aberto da ciência moderna, desconcertante e confundir até mesmo os maiores matemáticos.  Apesar dos progressos feitos, a sua questão tem sido incrivelmente considerada de difícil solução. No entanto, um prêmio de US $ 1 milhão foi oferecido pelo Instituto de Matemática para quem conseguisse a prova, e também,  quase sem dúvida, poderia receber a Medalha Fields, conhecida como o  prêmio Nobel da matemática.   Parece que, mesmo após sua morte, o trabalho de Riemann ainda pode abrir o caminho para novas contribuições para o campo, assim como ele fez na vida.

10. Leibniz Wilhelm
Criou o termo "função" (1694), quando a usou para descrever uma quantidade relacionada a uma curva, descrevendo matematicamente a inclinação ou um ponto qualquer situado nela.  É creditado aos matemáticos Leibniz e Newton o desenvolvimento do cálculo moderno, em particular o desenvolvimento da integral e da regra do produto. Descreveu o primeiro sistema de numeração binário moderno (1705), tal como o sistema numérico binário usado até nos dias de hoje.  Demonstrou genialidade também nos campos da lei, religião, política, história, literatura, lógica, metafísica e filosofia.
O grande matemático Leibniz nos trouxe a introdução da notação no padrão moderno para o sinal da integral.  Ele também fez grandes contribuições para o campo de Topologia, do cálculo e da integral.

11. Andrew Wiles
Andrew Wiles é o matemático que ficou mais conhecido por sua prova do Último Teorema de Fermat, que diz que os não inteiros positivos, a, b e c podem satisfazer a equação a ^ n + b ^ n = c ^ n, para n maior do que 2. (Se n = 2, temos a Fórmula Pitágoras).  Embora as contribuições para a matemática talvez podem não serem tão expressivas, como as contribuições dos outros que figuram nesta lista, só dele desenvolver grandes partes da nova matemática para concluir a sua prova do teorema já o faz merecedor desta deferência. Para isso ele isolou-se por 7 anos de estudos para chegar a formular uma solução para o teorema. Quando ele descobriu que a solução continha um erro, ele voltou à solidão por mais um ano, até que a solução foi aceita. Foi muito difícil validar a sua prova, pois foi muito grande seus estudos e isso foi feito por muitos renomados matemáticos contratados pelos organizadores do Instituto Clay de Matemática, localizado nos  USA. No entanto, à medida que o tempo passa  é certo que mais e mais pessoas estudiosas do ramo possam ter acesso aos seus estudos e entendê-los.
A Matemática Aqui é  Simples e Descomplicada!







4 comentários:

  1. Artigo muito bom, gostei.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado caro leitor(a), se gostou divulgue aos amigos.
      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Só um ajuste... sobre Alan Turing, a palavra "Cryptanalyst" não foi traduzida no texto... significa Analista de Criptografia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonardo, agradecemos sua visita ao blog e também a sua observação, realmente o termo significa Criptoanalista ou Analista de Criptografia, que já retificamos. Um grande abraço!

      Excluir

Ficou alguma dúvida sobre a postagem acima ou quer deixar uma sugestão?
Escreva seu comentário no espaço apropriado, seja para elogiar, criticar ou expor dúvidas, que publicaremos e responderemos o mais rápido possível.

Atenção: Serão excluídos os comentários contendo propagandas e também aqueles que faltem com o respeito e educação a qualquer usuário do Blog ou, os que venham induzir nosso leitor a acessar conteúdos impróprios e eticamente não recomendados. Desde já, agradecemos sua participação!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...