Agradecemos sua visita. Aproveite e cadastre-se gratuitamente como seguidor(a).

Aqui a Matemática é Simples e Descomplicada! Acesse, comente e compartilhe nossos artigos.
Hoje é


Conheça Toda Matemática que é Cobrada no Exame ENEM! - Para acessar: →

Translate

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Dicas da Matemática para Aprovação nas Entrevistas de Emprego!

Dicas Valiosas da Matemática para sua Aprovação nas Entrevistas de Emprego!
Atendendo muitos pedidos de nossos jovens leitores, que estão se preparando e  pretendem ser contratados pelo mercado de trabalho, resolvemos publicar algumas dicas para você se dar bem nas entrevista de emprego e quem sabe ser aprovado e conseguir uma vaga tão sonhada para trabalhar numa conceituada empresa.  Embora, você pense que nas entrevistas de empregabilidade, não usamos ou aplicamos a matemática, enfatizamos que você se engana, pois temos muito da lógica matemática aplicada às perguntas e posterior análise das respostas num estudo mais aprofundado do tema. Observe que já publicamos uma matéria aqui no blog e que apontam macetes para sabermos se uma pergunta é verdadeira ou falsa e com certeza, o tema é útil para sabermos utilizar expressões verdadeiras e que nunca sejam contraditórias.  Vale a pena você acessar e conhecer, acessando nosso post: Dicas de Lógica Matemática. Perguntas como: “Conte-me sobre você?”,  tem o objetivo de verificar suas habilidades de comunicação e como você se apresenta, outras mais desafiadoras e inusitadas, como “Se você fosse reduzido ao tamanho de um lápis e colocado em um liquidificador, como você sairia de lá?”, ou aquela que diz "Se você estiver num avião, com várias pessoas e este estiver pegando fogo e dispor de apenas um paraquedas, qual a sua atitude" elas procuram testar suas habilidades de resolução de problemas e isto já vimos aqui também na matemática, basta acessar e ver os posts sobre resolução de problemas publicados neste espaço.  Tais perguntas sempre conferem e investigam alguns conceitos por trás destes bizarros interrogatórios que os desempregados encaram.
Sabemos que conseguir um emprego hoje em dia, está sendo cada vez muito difícil, especialmente para quem não tem experiência no mercado ou para aquele que nunca trabalhou.  As empresas estão cada vez mais exigentes e quase sempre procuram pessoas mais experientes, por isso, ter um bom currículo e ir muito bem numa entrevista, poderá fazer toda a diferença a seu favor.  Se você nunca trabalhou, entrar num programa de trainee ou de estagiário, numa renomada empresa, poderá ser uma boa saída para sua colocação no mercado de trabalho. 

Qual é a diferença entre um trainee e um estagiário?
Ambos são cargos preenchidos por jovens numa idade média de até 24 anos e que querem se firmar no mercado de trabalho e conseguir seu primeiro contrato de emprego. Tanto o trainee como o estagiário fazem parte de um programa de treinamento na empresa. Porém, o estágio é voltado para quem ainda está estudando, enquanto que o trainee é para o recém-formado.  Enfatizamos que no estágio são exigidos 6 horas diárias de trabalho e 30 horas semanais, enquanto que num emprego formal ou trainee normalmente se trabalha por 8 horas diárias e 44 horas semanais, porém a jornada varia de categoria para categoria. O trainee não é um estagiário. Ele é um funcionário que irá participar de um programa estruturado de treinamento e desenvolvimento para que, em um curto espaço de tempo, ele possa assumir uma posição dentro da empresa contratante, que pode ser: técnica, administrativa, gerencial,  ou seja, uma posição de destaque e liderança. Muitas empresas e algumas corporações pretendem que, no longo prazo, os trainees assumam posições de destaque na empresa, como gerente sênior, etc.  Mas, o que você deve falar ou omitir numa entrevista, para que seja o escolhido para a vaga ou cargo pleiteado? Não existe uma receita fácil para esta pergunta, o que aconselhamos é que estude a empresa, a vaga, o que fazer no seu cargo, e como ajudar a empresa a melhorar no relacionamento com clientes internos e externos e também como poderá trazer mais negócios ou clientes, gerando mais lucros para o crescimento da empresa ou da corporação. No entanto, daremos alguns exemplos de perguntas recorrentes com exemplos de respostas mais adequadas, para você se inteirar do tema e ir com mais tranquilidade para a entrevista:

Perguntas Frequentes nas Entrevistas!






1) "Diga-me sobre você.
Os entrevistadores, muitas vezes, começam uma entrevista com uma pergunta aberta como esta: Diga-me ou fale sobre você!
O objetivo desta pergunta inicial é para quebrar o gelo e fazer você se sentir mais confortável durante o processo de entrevista. É também uma maneira para que o gerente de contratação conheça a sua personalidade e possa determinar se você terá um bom relacionamento para com seus colegas de trabalho . A partilha de informações de forma muito acentuada ou muito pouco, não é uma boa ideia. O entrevistador não quer saber tudo sobre você, mas também revelando muito pouco, pode fazer-lhe saber porque você não é tão aberto ao diálogo. O que compartilhar com o entrevistador então? Embora possa ser tentador, compartilhar uma lista de suas maiores qualificações consideradas até atraentes para o trabalho, uma abordagem mais discreta provavelmente irá ajudá-lo a desenvolver um relacionamento pessoal com o seu entrevistador. Experimente começar compartilhando alguns interesses pessoais que não se relacionam diretamente ao seu trabalho. Os exemplos podem incluir um hobby que você estaria apaixonado, tais como: estudos em astronomia, xadrez, canto coral, golfe, esqui, tênis, ou antiguidades. Interesses como corrida de longa distância ou yoga também ajudam a representar o seu, lado energético saudável e vale a pena mencionar. Revelar também ser um ávido leitor ou gostar de resolver palavras cruzadas ou quebra-cabeças poderão ajudar a mostrar a sua inclinação intelectual. Interesses como o golfe, ténis, e comidas gourmet podem ter algum valor, se você estaria pleiteando emprego em entretenimento para clientes.  O trabalho voluntário irá valorizar o seu caráter e compromisso com o bem-estar de sua comunidade. Funções interativas como voluntário em instituições filantrópicas, como CVV, guia de museu, ou cadeira num clube social vão ajudar a mostrar o seu modo humanitário de interagir com as pessoas. Evite falar sobre política e controvérsias. Orientamos, evitar estes temas por serem polêmicos. É importante evitar quaisquer referências a temas que causem preocupação sobre ética, caráter,  produtividade, ou ética de trabalho. Você também não precisa compartilhar informações pessoais sobre sua família. Não há necessidade de discutir relacionamentos com os cônjuges, parceiros, filhos ou qualquer outra informação estritamente pessoal. Após sua fala inicial, saia do pessoal e  mude para o lado profissional. Depois de compartilhar alguns aspectos pessoais interessantes de sua pessoa, você pode fazer a transição para a partilha de algumas habilidades profissionais que são chaves e que ajudarão a agregar valor à sua pessoa, caso for contratado para  esse cargo. Considere o uso de frases como "Além desses interesses e paixões, a minha vida profissional é minha grande paixão, então eu gostaria de falar um pouco sobre alguns valores positivos que eu traria, caso fosse contratado para este cargo/trabalho na empresa. "Compartilhe as suas experiências vivenciadas”. Procure compartilhar três ou quatro das qualidades pessoais, habilidades ou áreas de conhecimento que iria ajudá-lo a se destacar no trabalho para o qual você está sendo entrevistado. Finalmente, se você vai querer compartilhar vários outros pontos fortes antes da entrevista, saiba que isso pode ser muito longo e talvez cansativo e inadequado neste estágio inicial. Então, faça apenas uma lista com alguns de seus pontos fortes, antes de ir para a entrevista propriamente dita, para que você saiba o que você vai falar. Na hora adequada quando for o momento, olhe para a descrição do cargo/trabalho almejado e mostre as suas principais habilidades . Então, compartilhe as melhores habilidades que fazem você um candidato ideal para aquele cargo/trabalho pleiteado. No entanto, tome cuidado para não sobrecarregar o entrevistador com muita informação. Depois de mencionar estes pontos fortes, você pode mencionar que tem vários outros atrativos que você gostaria de discutir no decorrer da entrevista. Por hora, você deve apenas mencionar o que é mais atrativo e apenas brevemente para alguma prova de como você têm aproveitado a sua vantagem. Por exemplo, você poderia dizer que você gosta de fazer apresentações públicas e que isso poderia trazer ou gerar bons relacionamentos, para conquistar novos clientes potenciais. Mais tarde, durante a entrevista, é claro que você vai querer ser mais específico e detalhado em discutir situações, intervenções e resultados decorrentes das suas forças laborais.

2) Como Você se Descreveria?
Estas perguntas, inclusive a anterior "Diga-me sobre você", são muito comumns no ínicio das entrevistas, mas não são tão simples as suas respostas como parece. Empregadores fazem estas perguntas para ver se você vai ou não ser um bom candidato/empregado para a posição e para a cultura da empresa. Estas questões, também mostram ao empregador como você percebe a si mesmo. Quando você respondê-las, tenha em mente o tipo de posição que você está pleiteando para, a cultura da empresa e do ambiente de trabalho. No entanto, você não quer simplesmente apresentar uma lista de razões pelas quais você está certo para a posição. Em vez disso, responder com um par de adjetivos ou frases que descrevem suas características pessoais ou a sua atitude positiva (por vezes os empregadores fazem uma pergunta semelhante: "Quais os três adjetivos que você usaria para descrever a si mesmo?"). Certifique-se de concentrar-se nas qualidades que o fazem um jogo ideal para o trabalho daquela empresa. Você normalmente não precisa seguir a sua resposta com exemplos específicos para cada característica descrita, muitas vezes, um empregador quer uma resposta relativamente concisa para esta pergunta. No entanto, se você dá a sua resposta e que o entrevistador se parece com ela ou ela está à espera de mais, você pode depois seguir com mais exemplos de experiências de trabalho anteriores. Finalmente, você deverá moldar sua resposta para o lado profissional do trabalho, autenticidade e verdade são muito importantes. Suas respostas devem ser positivas, mas genuínas. Como você deve se preparar para essa pergunta?
Procure memorizar uma lista de adjetivos e frases que você acha que melhor o descrevem (você pode até querer pedir a família e aos amigos para dar sugestões). Em seguida, olhar para trás, como deve ser a descrição do trabalho, e circular os adjetivos e frases em sua lista que melhor se relacionam com a sua posição particular.  Escolha dois ou três dos termos que melhor se adequam a posição, e pensar em horários específicos em que você tem demonstrado cada uma dessas características. Com uma lista de termos e exemplos em mente, você estará pronto para responder a qualquer forma de pergunta tais como: "Como você se descreveria?"

Mas, vamos ajudá-lo com algumas respostas para servir de amostras:
1) Eu sou uma pessoa que gosta de gente, de pessoas, do público. Eu realmente gosto de conhecer e trabalhar com pessoas diferentes, e sou conhecido por ser um grande ouvinte e um comunicador claro, se eu estou interagindo com colegas ou patrões.
2) Eu sou o tipo de pessoa que sabe como executar tarefas difíceis com precisão. Eu presto atenção a todos os detalhes de um projeto. Eu procuro me certificar de que cada tarefa é apenas uma obrigação minha, mas também que tenho que concluí-la em tempo hábil.
3) Eu sou um pensador criativo. Gosto de explorar soluções alternativas para os problemas e ter uma mente aberta sobre o que irá funcionar melhor. A minha criatividade sempre me tornou um líder de equipe, eficaz em empresas anteriores, porque eu posso antecipar problemas e propor soluções inovadoras.
4) Eu sou uma pessoa extremamente organizada, que está focada em produzir resultados. Enquanto eu sou sempre realista quando a definição de objetivos, eu sempre desenvolvo maneiras de alcançar resultados de forma eficiente, e muitas vezes procuro sempre exceder, essas metas.
5) Gosto de resolver problemas, apontar a solução de problemas em tempo hábil.  Eu prospero e sei trabalhar em ambientes de equipe, e eu acho que a minha capacidade de comunicar eficazmente com os outros é o que impulsiona a minha capacidade de resolver uma variedade de problemas.  Gosto muito de resolver conflitos entre empregados e também aqueles que são gerados por reclamações dos clientes.

3) Por que enviou o seu curriculum para nossa empresa?
Prepare-se antecipadamente para responder esta pergunta que é muito recorrente também. Para isso, é preciso fazer previamente uma pesquisa sobre a empresa. Acesse o site institucional, faça pesquisas usando mecanismos de busca na internet, leia revistas especializadas sobre a atividade da empresa e converse muito com pessoas que trabalham ou já trabalharam lá. Assim, quando for perguntado, poderá aproveitar a oportunidade para demonstrar que fez o seu "trabalho de casa" e quer realmente fazer parte do quadro de funcionários dela, porque ela exerce uma atividade na qual você se identifica; cite por exemplo a forma como está o posicionamento dela no mercado, o que a torna uma empresa atraente e de elevado interesse para qualquer profissional.

4) Qual a sua experiência?  Você tem experiência para o cargo pleiteado?
Com certeza esta é uma pergunta chave, que quase todas as empresas e entrevistadores fazem.  Como você deve respondê-la?  Veja abaixo alguns exemplos de respostas mais apropriadas:
1) Tenho experiência muito semelhante ao que você e sua empresa estão procurando. Na minha posição atual, tenho todas qualidades e responsabilidades, caso fosse contratado para este trabalho.  Eu tenho vários anos de experiência no escritório da empresa x em emprego e cargo similar anterior, sou muito bem organizado, e capaz de usar meu tempo de forma eficiente.
2) No meu último emprego, minhas responsabilidades incluíam muitas responsabilidades e habilidades necessárias para esta posição.  Eu sou um pouco perfeccionista, quando se trata de eficiência. Sempre sou pontual, e sinto-me compelido a terminar o trabalho, que eu comecei em tempo hábil estipulado pela gerência ou chefia a que estiver subordinado.

5) Você é capaz de trabalhar sob pressão e com prazos definidos?
Se você responder "não" para esta pergunta, fatalmente você não será o candidato escolhido. Então, prepare uma resposta coerente para demonstrar que é capaz de trabalhar cumprindo prazos e metas, dê exemplos de situações vivenciadas em trabalhos anteriores, onde poderia ter trabalhado em iguais condições.

6) Por que devemos escolher você em vez dos outros candidatos?
Esta é sempre uma das perguntas mais complicadas e recorrentes que são sempre feitas a todos os entrevistados. O entrevistador espera que o candidato saiba "vender" o seu "peixe" ou produto. Você deverá focar-se nas suas capacidades e valorizar o seu perfil como o mais adequado para aquela função e a forma como poderá trazer benefícios e lucros para a empresa.  Procure exemplificar sempre, com sua atuação anterior, apresentando números e metas alcançadas em empresas por onde passou.

7) Quais são seus pontos negativos/defeitos?
Naturalmente que esta resposta não poderá ser muito negativa, pois isto poderá ser "um tiro no próprio pé", ou seja, nunca diga ser desorganizado, desmotivado ou pouco cumpridor dos seus horários e objetivos.
Desta forma, uma dica é responder sempre partindo daquilo que normalmente é considerado uma qualidade, mas agravando-a de forma a parecer um "defeito". Ou seja, ser exigente demais, ser muito perfeccionista, muito autocrítico, persistente demais, mas que tem se esforçado para corrigir ou sanar estes poucos defeitos que você tem, etc.

8) Por que deixou sua última experiência profissional ou por que quer deixar a empresa atual, caso estiver empregado?
Nunca se queixe dos empregos anteriores e mesmo do atual e, nunca critique as empresas e respectivos chefes, gerentes e colaboradores com que teve laços profissionais. Diga sempre alguma coisa positiva para sua atitude, ou que quer mudar de ambiente de trabalho ou que deseja conhecer novos produtos/serviços em outra empresa, que deseja ter maiores chanches de crescimento. Que quer ter novas oportunidades, numa empresa maior ou que ofereça mais oportunidades para seu crescimento. Cuidado, caso aponte defeitos ao seu emprego anterior correrá o risco, de que o seu entrevistador achar que, possa fazer o mesmo  no futuro, relativamente aquela empresa.

Conclusão:
Gostaríamos de frisar, que embora não fizemos uso aqui, dos conceitos tradicionais da matemática, como números, frações, contas, equações entre outros, esclarecemos que numa entrevista sempre usamos muito da lógica matemática e em alguns cargos é muito aconselhável saber usar bem uma calculadora como a HP12c e noções de matemática financeira.  Evitar os erros mais frequentes que sempre ocorrem nas entrevistas, também irão ajudá-lo positivamente, na busca para conseguir um emprego ou um estágio, então aconselhamos acessar e se inteirar de nosso conteúdo já abordado, chamado: Dicas da Matemática para o Mercado de Trabalho!  Procure sempre usar de sentenças verdadeiras e que nunca possam confundir o seu entendimento pelo entrevistador ou que possam sinalizar para a empresa que você possa ter  medo, desconfiança ou insegurança.  É muito benéfico para o candidato, se possível, estudar sempre o que se deve dizer e nunca se contradizer, ou seja mentir, pois com certeza falar a verdade sempre o previne de cometer muitos equívocos em sua fala. Também realizar cursos que agregam valor como dominar um outro idioma, que saiba usar do computador, que domine a matemática financeira, etc. Se você quiser acessar nosso post sobre Noções de Matemática Financeira garantimos que será muito benéfico para sua atuação em áreas comerciais. Saiba que muitos entrevistadores irão o avaliar, segundo as suas atitudes e respostas fornecidas e que para isso normalmente eles usam planilhas, com as pontuações para as diversas questões apresentadas a todos os candidatos e tudo isso com certeza se utiliza de muitos conceitos da matemática. Se você quiser comentar, elogiar, acrescentar, criticar ou revelar suas experiências, utilize o espaço para comentários logo abaixo.  Desde já, agradecemos sua participação.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ficou alguma dúvida sobre a postagem acima ou quer deixar uma sugestão?
Escreva seu comentário no espaço apropriado, seja para elogiar, criticar ou expor dúvidas, que publicaremos e responderemos o mais rápido possível.

Atenção: Serão excluídos os comentários contendo propagandas e também aqueles que faltem com o respeito e educação a qualquer usuário do Blog ou, os que venham induzir nosso leitor a acessar conteúdos impróprios e eticamente não recomendados. Desde já, agradecemos sua participação!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...