Obrigado pela visita. Cadastre-se gratuitamente como seguidor(a)!

"O céu deve ser esférico, pois a esfera, sendo gerada pela rotação do círculo, é, de todos os corpos, o mais perfeito". (Aristóteles)
Hoje é


Faça Nosso Teste de Inteligência Grátis em Poucos Minutos e Conheça na Hora o seu Perfil! - Para acessar: →

Translate

quinta-feira, 16 de abril de 2015

O Plágio na Educação Matemática

Você Sabe o que é Plágio e Como se Defender dele na Matemática?
A cópia de conteúdo desautorizada também chamada de plágio é a apropriação ilegal e indevida de um texto ou de uma ideia, quando não atribuído o valor de reconhecimento e citação de quem realmente lhe é devido ou seja sem autorização do autor do conteúdo. Informamos que é um conceito equivocado acreditar ser plágio somente a utilização de um texto, ou parte dele.  A utilização indevida da ideia, sem a devida citação do autor que a produziu também se configura como plágio e, em consequência pode acarretar punição ao(s) infrator(es) responsável(is) pela cópia.  
O plágio na educação matemática não é muito diferente do que ocorre com outros conteúdos de outras áreas do conhecimento e pode ser decorrente da cópia indevida de conteúdos, fotos, construção de figuras, problemas, exercícios e qualquer outro recurso de que seja de propriedade do autor daquela matéria publicada em blogs, sites, etc.
Muitos estudiosos sérios como, graduandos, mestrando e alguns estudantes que são autores de textos educacionais têm encontrado muitos obstáculos ao produzirem textos envolvendo a Matemática e também de outras áreas correlatas. Eles se queixam das dificuldades que encontram para produzir textos de qualidade, pois muitas vezes são plagiados frontalmente por pessoas inescrupulosas e que muitas vezes se passam como autores de textos apropriados indevidamente.  Hoje, tornou-se simples, rápido e prático publicar matérias, fotos e vídeos desautorizados com o objetivo de ganhar notoriedade na mídia e até produzir ganhos monetários. Atualmente, nomear-se como autor de um texto produzido por outra entidade ou pessoa como websites, blogs, etc., tornou-se prática recorrente no contexto acadêmico e fora dele, o que têm causado transtornos e gerado punição aos envolvidos nesta ação ilegal.
Frisamos que, de acordo com a legislação atual, essa prática recorrente, se trata de um problema sério e ético, configurando-se como uma questão ilegal, passível de penalizações garantidas pela legislação vigente. O código civil, no Artigo 524, destaca que: "a lei assegura ao proprietário o direito de usar, gozar e dispor de seus bens e de reavê-los do poder de quem quer que injustamente, os possua".
Hoje, verificamos que de acordo com o crescimento da oferta da Educação à distância no Brasil, o receio do plágio também tem aumentado muito, quando empresas e muitos sites educacionais vêm se utilizando indevidamente de conteúdos alheios e não autorizados. Fica muito evidente, a necessidade de dirimir essas práticas, punindo e denunciando essas pessoas irresponsáveis de forma rigorosa e exemplar. Estratégias têm sido pensadas e discutidas para se evitar esta prática ilegal, que vai desde a utilização de softwares que auxiliam os educadores na busca de plágios, como na formação ética dos alunos, onde se apela pela conscientização, inclusive promovendo o aprendizado e conhecimento das implicações legais deste ato. As universidades e entidades educacionais não podem de maneira alguma se eximir da responsabilidade e da necessidade do devido preparo e desenvolvimento da habilidade de reflexão e produção escrita dos alunos de forma responsável e ética, pois é isso que se espera deles.

Diante desta prática, os mestres e professores precisam buscar estratégias na gestão da aprendizagem, se colocando como orientadores sempre atentos na produção acadêmica dos seus alunos, evitando os indícios de que o material seja cópia, e, quando a produção não se enquadrar eticamente e qualitativamente às características que são próprias de cada escritor, discutir uma análise apurada e uma avaliação individualizada dos alunos, passando a ser mais uma forma de se evitar que o plágio ocorra no seio da educação.

Conclusão





Precisamos urgentemente acabar com essa prática ilegal, desleal e que desmotiva todas as pessoas envolvidas na produção de bons conteúdos, de textos educacionais de qualidade e que promovem o crescimento intelectual no país, seja na matemática e em todas as outras áreas do conhecimento. Aquele velho ditado, que diz que no Brasil, nada se cria, e que tudo se copia, precisa ser exterminado da nossa cultura e sim, darmos o devido valor e crédito a quem cria e produz conteúdos de boa qualidade. Enfatizamos que valorizar um conteúdo de natureza científica, artística ou acadêmica é uma obrigação de todos nós, sejam educadores, estudantes, blogueiros, e outros agentes da educação brasileira.
  
Denunciar os plagiadores e oportunistas que copiam e divulgam materiais inéditos e alheios é proteger aos autores e criadores de conteúdos e deve nortear todos nós, sejamos estudantes, professores, blogueiros, autores, etc.

Hoje, precisamos criar uma cultura aos nossos atuais alunos, para que contribuam no sentido de que sejam respeitados os direitos daqueles que criam ou que já produziram materiais de qualidade e que são usados atualmente por eles, para que, posteriormente, sejam-lhes respeitados também esses mesmos direitos.  

Atenção:

1) Se quiser acessar outros bons conteúdos,  envolvendo o ensino da matemática e a pedagogia na matemática, acesse o nosso marcador chamado: Pedagogia na Matemática!
2) Caso queira acrescentar, retificar, elogiar ou criticar este artigo, utilize o espaço para comentários abaixo.  Desde já, agradecemos sua visita e participação! 
                                                 Artigo  baseado no texto:  Plágio, o que é e como evitá-lo na Educação à Distância, de autoria da pedagoga Elizabeth Muniz Pessanha Pinto, de 12/08/13, publicado no site: http://www.artigonal.com

A Matemática Aqui é Simples e Descomplicada!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ficou alguma dúvida sobre a postagem acima ou quer deixar uma sugestão?
Escreva seu comentário no espaço apropriado, seja para elogiar, criticar ou expor dúvidas, que publicaremos e responderemos o mais rápido possível.

Atenção: Serão excluídos os comentários contendo propagandas e também aqueles que faltem com o respeito e educação a qualquer usuário do Blog ou, os que venham induzir nosso leitor a acessar conteúdos impróprios e eticamente não recomendados. Desde já, agradecemos sua participação!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...