Muito Obrigado pela visita. Aproveite para se cadastrar gratuitamente como seguidor(a)!

"A Educação é a arma mais poderosa para mudar o mundo" (Nelson Mandela)
Hoje é


Saiba como se desenvolveu a Matemática, dos primórdios até chegar aos nossos dias atuais! - Para acessar: →

Translate

terça-feira, 26 de maio de 2015

Diálogo entre Dois Grandes Líderes Mundiais!

Diálogo Entre Dois Líderes Mundiais!
Certo dia, um grande líder e pensador muito influente em nosso cotidiano e que pertence ao chamado mundo desenvolvido(1ºmundo), quando participava em importante conferência internacional, se deparou com um inteligente Professor, eles se cumprimentaram e o grande líder pensador argumentou: Ele disse o seguinte, relativamente ao uso da bomba atômica: "O poder desencadeado pelo átomo descoberto e que foi estudado pelo grande físico e matemático Albert Einstein, mudou tudo após suas grandes descobertas, menos os nossos modos de pensar e de agir; assim, tal fato vai em direção a uma grande catástrofe, que traria perdas irreparáveis e sem precedentes ao mundo".  Então, iniciou-se o seguinte diálogo entre eles, que consideramos de valor expressivo à humanidade, em termos de pacificação para todos os povos:

Professor: Eu sempre quis saber sobre esta argumentação. O que exatamente você quer dizer com certos "modos de pensar e agir"?
Pensador: Eu quis dizer que as novas armas que criamos, a partir da descoberta da energia atômica, nos obrigam a pensar de uma maneira nova. Não podemos mais continuar a usar os nossos velhos modos de pensar, que nos trouxe até aqui. Nosso pensamento e atitudes deverão mudar com essas novas descobertas.
Professor: Então, me diga como devemos mudar?
Pensador: Para começar, é preciso reconhecer que essas armas são muito perigosas e têm o poder de destruir tudo, incluindo a maior parte da vida no planeta. Temos de fazer um maior uso de nossas percepções, e imaginar o resultado catastrófico que teremos, com o desencadeamento de uma guerra nuclear. Temos de ser capazes de imaginar o resultado que uma guerra, agora equipada com esta arma, poderia ocasionar com a nossa civilização, inclusive exterminar até os seres humanos na face da terra.






Professor: Isso pode ser difícil para muitas pessoas imaginarem, então o que poderia acontecer de fato?
Pensador: Eu não tenho nenhuma dúvida de que é difícil de imaginarmos este acontecimento em termos reais. Nós tendemos a projetar o passado para o futuro, mas agora que estamos na era nuclear, o futuro pode ser muito diferente do que já foi o passado, com guerras utilizando armas menos destrutivas. Mas, imaginar um futuro sem a vida humana, ou mesmo a destruição de  todo ser vivo, pode ser muito triste de se imaginar e um grande esforço deve ser feito, para que evitemos que esta catástrofe futura ocorra.
Professor: Você quer imaginar que um futuro, sem a presença humana no planeta, seria motivo suficiente para mudarmos nosso modo acomodado de pensar?
Pensador: Exatamente isso, Professor. Mas é muito importante pensarmos no assunto, pois as futuras consequências advindas, não serão nada boas para todos.
Professor: Por que você acha que é tão importante o alerta e a divulgação sobre o fato de imediato a todos habitantes da Terra?
Pensador: Podemos imaginar que poderíamos ter um mundo, sem os seres humanos, então ele deve ser o motivador, para fazermos alguma coisa agora, para impedir que isto possa acontecer.  Sabemos que, caso isso ocorra,  o planeta cedo ou mais tarde, ou seja, mesmo que demore bilhões e bilhões de anos, ele iria se recuperar, porém o ser humano poderia ser definitivamente exterminado, então divulgando esta ameaça a todos, quem sabe possa sensibilizar os povos, para que ocorra o desarmamento imediato deste artefato tão temido por nós.
Professor: Concordo. Eu posso ver que este seria um motivo muito forte, para começarmos a pensar, no que poderia ocorrer com as nações se armando cada vez mais e com poder de destruição tão grande e devastador que quase todos eles já possuem. Mas, por que as pessoas, não se motivam e nunca agem para evitar tal catástrofe até o presente momento?
Pensador: Em primeiro lugar, eles não são motivados, porque eles realmente não podem imaginar um mundo assim. Em segundo lugar, mesmo se eles imaginarem, eles não podem descobrir ou não sabem o que fazer para sensibilizar os povos cada vez mais egoístas, gananciosos e insensíveis.
Professor: Eu acho que o primeiro problema, o da falta de imaginação e sensibilização, poderia ser elucidado com uma educação mundial mais participativa, acentuada e esclarecedora.
Pensador: Sim, eu acho que o tipo certo de educação ajudaria muito os jovens e a todos a pensarem e terem suas próprias opiniões e convicções acerca dos fatos políticos, econômicos, sociais, etc. que estão em nossa volta.
Professor: E qual seria o tipo certo de educação?
Pensador: Uma educação que mostraria como poderia ser devastador e perigoso o uso dessas armas e colocando no poder, pessoas mais bem preparadas para governar. Eu sempre senti que os cientistas deveriam fornecer mais detalhes e esclarecimentos sobre essa nova educação, mas os líderes políticos atuais, também deveriam esclarecer, elucidar e educar suas populações para este respeito. E também, os professores que são formadores de opiniões, quando atuando em salas de aula, deveriam ajudar a educar e pensar de forma mais critica sobre este assunto e tantos outros que nos afligem neste momento.
Professor: Mas, porque muitas pessoas e governos, ainda pensam que o domínio das armas nucleares, os tornam mais seguros.
Pensador: Este é um modo antigo de pensar. E, que deve ser alterado através da nova educação, ora proposta. As armas nucleares, ao invés de fazer-nos mais seguros, com certeza tornam o mundo mais inseguro e perigoso.
Professor: Sim, muitos líderes dizem que a ameaça de usar armas nucleares, impede que todas as nações, usem as suas armas nucleares contra a humanidade, pois todos temem que serão prejudicados, caso isto ocorra.
Pensador: Isso, também é um modo antigo de pensar. Ele é chamado de dissuasão, e que conta com a racionalidade de alguns líderes. Eu sempre acreditei na racionalidade, mas eu não posso acreditar que isso sempre fará sentido, arriscando o futuro da humanidade, no pressuposto de que todos os líderes, vão agir racionalmente em todos os momentos e em todas as circunstâncias da vida e com todas as dificuldades encontradas.
Professor: Não podemos imaginar que todos líderes sejam racionais o tempo todo, não acha?
Pensador: Seria irracional, acreditar que todos os líderes serão racionais em todos os momentos de sua existência.
Professor: Sim, certamente há momentos, em que mesmo os líderes, sendo mais racionais, eles poderão agir irracionalmente, devido a muitas circunstâncias. Isto deve ser encarado como uma grande verdade para todos os seres humanos.
Pensador: Então, certamente não devemos arriscar o futuro da espécie humana, devido a uma crença injustificada na natureza da racionalidade.
Professor: Você acha que a espiritualidade é mais importante do que a racionalidade?
Pensador: Acho que ambos, são capacidades humanas importantes, que requerem um maior desenvolvimento, e tal desenvolvimento, requer que nós não devemos colocar a espécie humana em risco de uma hipotética aniquilação nuclear.
Professor: Há muito que podemos pensar, mas também existe muita coisa que está depois disto, e que podemos fazer?
Pensador: Claro, Professor. Mas precisamos ampliar nossa capacidade de pensarmos e entender sobre o uso das armas nucleares  e que seria mesmo necessária.
Professor: Você disse que, mesmo para aqueles que possam imaginar um mundo sem os seres humanos, devido aos nossos arsenais nucleares, mas que ainda não sejam capazes de imaginar uma saída para o dilema.
Pensador: Sim, para imaginarmos um mundo sem os seres humanos, seria apenas uma maneira de entender, como agir para evitarmos que isso ocorra de fato.
Professor: Mas, alguns líderes podem visualizar um mundo sem os seres humanos, como uma ocorrência ou um resultado positivo.
Pensador: Isso significaria não apenas o fim do presente e do futuro, que é ruim o suficiente, mas também a erradicação de toda a memória do passado, ao final de cada coisa linda e que jamais seria criada novamente por todos seres humanos. Não haveria ninguém para apreciar a música, a poesia, arte e arquitetura, e não haveria nenhuma memória de grandes ou pequenos triunfos humanos conquistados no nosso passado.
Professor: Não haveria ninguém para lembrar o heroísmo e os heróis do mundo.
Pensador: Seria um mundo sem seres humanos. Isto poderia destruir o espelho de autoconsciência que os seres humanos realizaram para nosso universo.
Professor: Tal acontecimento, com certeza seria uma grande perda. Como podemos evitar que isso aconteça?
Pensador: Ele vai nos obrigar a convocar a nossa criatividade, convencimento, racionalidade e disciplina, talvez mais do que já fizemos antes.
Professor: Este será realmente um grande desafio.
Pensador: Claro que sim, e o desafio tornou-se urgente e necessário, com a criação e propagação das armas nucleares.
Professor: Então, é uma explosão de criatividade e que nos traz reflexões sobre a necessidade de acharmos novas estratégias ou promovermos uma grande mobilização para resolvermos tal situação.
Pensador: Exatamente. Precisamos de um novo pensamento criativo. Este problema poderia ser resolvido de imediato. Ele só precisa que nossos líderes, melhores suas atitudes, seus pensamentos e da mobilização de todos seres racionais que habitam nosso planeta.
Professor: O que você recomendaria então, Professor?
Pensador: Temos que ser corajosos e enfrentarmos este novo perigo, com uma nova maneira de agir e pensar. Guerra já não pode ser uma maneira sadia de resolver as diferenças entre os poderes concorrentes.
Professor: Então, você iria acabar com as guerras?
Pensador: É preciso. Não há escolha. Em um mundo, equipado com armas nucleares, as guerras, tornou-se um acontecimento muito perigoso.
Professor: Mesmo que eu fosse um soldado e defendesse minha pátria, eu entendo que as guerras deveriam acabar. A guerra nunca foi uma maneira saudável de resolver os conflitos entre as nações instruídas.
Pensador: Todos temos uma visão muito negativa das guerras, mas sinto-me feliz em concordarmos que as armas nucleares fizeram da guerra, um acontecimento perigoso demais para resolver certos conflitos nos dias atuais.
Professor: Por muito tempo, os países têm tentado alcançar a paz, através da preparação para a guerra e sabemos que a violência gera mais violência.
Pensador: Mas, isso nunca funcionou como eles esperavam. Sabemos que a guerra sempre levou à guerra. Agora, temos de mudar este paradigma e buscar a paz, para gerar ainda mais a paz.
Professor: Isso faz sentido. Este é o caminho a seguir.
Pensador: Acrescento que estados fortes não podem mais se beneficiar e prevalecer da guerra, como já foi no passado. Com as armas nucleares, mesmo um pequeno grupo extremista, poderia ser capaz de destruir um grande país e até ser muito mais poderoso do que imaginemos.
Professor: Mais uma razão para acabar com a guerra e com as armas nucleares.
Pensador: Acredito que este problema global nunca será resolvido, sem uma cooperação envolvendo todas as nações e seus líderes. Essa é também uma nova forma essencial de pensar e que será necessário adotarmos, para a sobrevivência de todos.
Professor: Então, temos de aprender a pensar como cidadãos globais, devido a nossa fidelidade no futuro da humanidade.
Pensador: Eu acredito nisso de todo o meu coração. Também devemos terminar com padrões duplos, e ter um padrão único que se aplica a todos os países e a todas as pessoas.
Professor: Tudo o que você diz faz sentido para mim, mas como esta solução poderá ser implantada agora?
Pensador: Ele não virá dos nossos líderes, pois eles ainda estão liderando nos velhos modos de pensar baseados nos braços e na força. Eles ainda acreditam em padrões duplos, e os países fortes procuram impor a sua vontade e liderança sobre os mais fracos. Os líderes de estados armados nucleares não vão desistir de suas armas, sem serem pressionados a fazê-lo por seus próprios povos.
Professor: Então, os povos devem ser despertados, e eles devem exigir o fim do desarmamento e da guerra, e assim teremos um mundo livre de armas nucleares.
Pensador: Sim, Professor, você é um homem sábio. Você pode compreender as mudanças no pensamento e na tomada de decisões que são necessárias.
Professor: Eu não acho que sou um homem sábio, mas posso restaurar a minha crença na humanidade. Meu objetivo é  despertar a humanidade para os perigos que agora nos confrontam e, quem sabe sensibilizá-los  a mudar o modo de pensar sobre os perigos de um confronto nuclear, em nossos dias atuais, e quem sabe um dia, teremos mais paz sem o temido uso da energia nuclear.

Conclusão: 
Sabemos que o descobrimento do átomo e da energia nuclear proporcionados pelos estudos, descobertas e publicações do grande físico e matemático alemão "Albert Einstein", trouxe inúmeros benefícios para nossa sociedade e ele é aplicado positivamente em várias ciências, como na medicina, engenharia, na eletricidade, astronomia e até na conquista do espaço. Seus estudos e descobertas foram extremamente importantes também na busca de novas fontes de energias renováveis e que são consideradas mais limpas, entre outros, como você pode conferir acessando nossa postagem chamada Física Nuclear! e que aconselhamos conhecer veementemente.  Vale a pena também conhecer os benefícios que suas descobertas propiciaram à nossa sociedade, com aplicações benéficas para as muitas ciências relacionadas, acessando o conteúdo do blog chamado: Fontes de Energia e a Teoria da Relatividade de Einstein!  No entanto, enfatizamos que existe o lado negativo, que foi relatado no suposto diálogo aqui divulgado e que compete a todos nós, sejamos alunos, professores, pensadores, ou quaisquer outros profissionais, divulgarmos e exigirmos o fim deste tipo de armamento, que poderá ser extremamente prejudicial às nossas vidas no planeta.

Atenção: Caso você se interesse por mais conteúdos envolvendo diálogos sobre temas educativos, não deixe de acessar nosso post chamado: Famoso diálogo de Gandhi com seu professor arrogante!  Ainda, se gostou desta matéria e quiser divulgar, pedimos que compartilhe com seus amigos usando as redes sociais, que estará ajudando a todos, para uma maior conscientização e busca de maior paz mundial. Para comentar, acrescentando, retificando ou mesmo para criticar, elogiar, ou sugerir novas matérias, use o espaço para comentários logo abaixo.  Desde já, agradecemos a sua visita e seu parecer!
                Baseado no texto de David Krieger, publicado no site: https://www.wagingpeace.org/a-dialogue-between-socrates-and-einstein
A Matemática Aqui é Simples e Descomplicada!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ficou alguma dúvida sobre a postagem acima ou quer deixar uma sugestão?
Escreva seu comentário no espaço apropriado, seja para elogiar, criticar ou expor dúvidas, que publicaremos e responderemos o mais rápido possível.

Atenção: Serão excluídos os comentários contendo propagandas e também aqueles que faltem com o respeito e educação a qualquer usuário do Blog ou, os que venham induzir nosso leitor a acessar conteúdos impróprios e eticamente não recomendados. Desde já, agradecemos sua participação!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...