Agradecemos sua visita. Aproveite e cadastre-se gratuitamente como seguidor(a).

Aqui a Matemática é Simples e Descomplicada! Acesse, comente e compartilhe nossos artigos.
Hoje é


Conheça Toda Matemática que é Cobrada no Exame ENEM! - Para acessar: →

Translate

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

A Música Clássica no Aprendizado de Matemática!

Será que estudar ouvindo música clássica pode ajudar no aprendizado de Matemática? 

Segundo muitas pesquisas, entre elas uma britânica, que observou o hábito de muitos estudantes, chegou-se a surpreendente conclusão de que escutar música clássica durante o estudo pode melhorar o desempenho dos alunos. No entanto, para obterem melhores resultados, o estilo de música deve ser selecionado conforme a disciplina a ser estudada. Esta pesquisa mostrou que os estudantes que ouviram música clássica, num volume discreto e aconchegante, durante seus estudos de Matemática tiveram um desempenho, na média, 12% melhor em suas provas do que outros que nada ouviram. É claro que nem todos os estilos e ritmos musicais ajudam na assimilação dos conteúdos, pois se a música for muito barulhenta, ruidosa ou for ouvida em volume muito alto, acreditamos que pode até prejudicar o rendimento escolar. Por isso, se a escolha for por uma música mais suave e harmoniosa, como no caso da música clássica, com certeza os resultados serão mais satisfatórios. 
Num estudo russo, que foi baseado em Fisiologia Humana e amplamente divulgada pela mídia, os resultados de forma unanime, inferem que ouvir música clássica, ajuda a relaxar, mesmo quando você não estiver prestando atenção à letra e aos acordes da música. Eles esclareceram neste estudo que as crianças que ouvem música clássica no intervalo de uma hora por dia, ao longo de um período de seis meses, o hábito pode exibir alterações no cérebro, indicando maiores níveis de relaxamento, mesmo quando as crianças não estiverem prestando atenção à música e, portanto este hábito vai ajudar a acalmar, organizar o pensamento e assim obter maior rendimento escolar. Muitas mães grávidas acreditam que ouvindo música clássica, seus bebês nasceriam mais espertos e inteligentes. Mas, isso ainda é uma grande polêmica como vemos no texto abaixo.

O Efeito Mozart na Educação!

O famoso “efeito Mozart” talvez tenha sido levado muito a sério por muitas pessoas e fez com que muitas mães de várias nacionalidades, querendo que seus filhos (ainda fetos) fossem mais espertos e inteligentes, passaram a colocar fones de ouvidos em suas barrigas para ouvir as sinfonias da música clássica.  Mas será que há uma base científica para essa ideia, ou seria uma jogada de marketing para alavancar a venda de livros, CDs e vídeos? Cientificamente, nada disso ainda ficou provado e o simples ato de colocar seus fetos para ouvirem músicas clássicas ou de outros gêneros, em nada ajudarão na formação de uma inteligência superior aos demais bebês. Este fato, pode ser usado simplesmente para relaxar ambos, mãe e feto e assim trazer maior tranquilidade, equilíbrio familiar e quem sabe até proporcionar um parto mais tranquilo.

Para entender do que se trata o efeito Mozart, esclarecemos que ele foi disseminado para o público, quando ocorreu um estudo, cujos resultados foram publicados na revista “Nature” em 1993 e apresentou este efeito. Os resultados diziam que numa conceituada pesquisa efetuada pela psicóloga Frances Rauscher, uma das grandes estudiosas e entendidas do assunto, e realizada com 36 alunos universitários, que ouviram música clássica(sonata em Ré maior de Mozart) por dez minutos,  que trata-se de uma faixa de música para relaxamento, exatamente antes de realizarem tarefas de raciocínio espacial. Em um de seus testes, o qual determinava a aparência de um papel dobrado várias vezes e então cortado, quando desdobrado novamente, os alunos que tinham ouvido Mozart tiveram um desempenho significativamente melhor, ou seja conseguiram de 8 a 9 pontos de Q.I.(quociente de inteligência).


Os Efeitos da Música Clássica na Saúde!
No campo da saúde, a música pode ajudar a reduzir o estresse, baixar a ansiedade e aliviar os distúrbios da insônia.  Alguns médicos e especialistas nos EUA (Estados Unidos da América) afirmam que pessoas que sofrem de insônia, e que passam muitas noites sem dormir, quando foram submetidos a testes clínicos acompanhados com música clássica, seus resultados foram muito positivos e ajudaram a aliviar os sintomas da insônia. 
Uma outra equipe de pesquisadores, desta vez envolvendo canadenses da Universidade de Toronto, que realizaram estudos com muitas pessoas voluntariamente, descobriram que quando elas estiveram sintonizando músicas clássicas, como aquelas que fazem parte das obras de Brahms, Handel, Mozart, Strauss e Bach, por algumas poucas horas e antes de se deitarem, as ajudaram a relaxar e adormecerem mais rapidamente ou ainda permanecendo dormindo por mais tempo. Os pesquisadores explicaram que estas músicas funcionam como um verdadeiro relaxante e auxiliam de forma eficaz certos pacientes, a atingirem estágios do sono profundo, porque usam ritmos e padrões tonais que criam um clima de calma, meditação provocando ondas cerebrais mais lentas, segundo estes estudos.

CONCLUSÃO:






Falando em termos de educação e do aprendizado, sabemos que a música ajuda e muito na fixação dos conteúdos, envolvendo diversas disciplinas, como de Matemática, Física, Química, entre outras. Muitos pesquisadores afirmam que o ensino de música nas escolas poderão ajudar muito na disciplina, motivação e empenho dos alunos envolvidos, sendo que aqueles que se dedicarem ao aprendizado de algum instrumento musical, notadamente terão rendimento comprovadamente superior aos demais. Existem muitos professores que já vêm utilizando deste método com muito sucesso, compondo e cantando muitas paródias, notadamente nos cursinhos de preparação para vestibulares, concursos, para fixar certos conteúdos de uma forma mais rápida e eficiente. Quem não se lembra com carinho dos antigos grupos musicais, das fanfarras escolares, que levavam muita criatividade e amor pela arte, quando temos certeza, nasceram muitos músicos de sucesso em nosso país. Então, fica a dica aos gestores e ao governo para quem sabe, comprar a ideia e implementar a música no currículo escolar. Se quiser saber mais sobre o uso da música no ensino de Matemática e conhecer muitas músicas utilizadas para isso, não deixe de acessar nossa matéria chamada: Aprendendo Matemática com Música!
Quanto a utilização da música clássica para propiciar o aprendizado, relaxamento e descontração, acreditamos que ela pode realmente ajudar no aprendizado, pois para aprender, necessitamos de muita concentração, relaxamento e sobretudo de atenção, mas sabemos que cada pessoa deve descobrir sua forma personalizada para aprender de forma mais eficiente. Então, recomendamos que faça um teste e investigue o resultado e caso seja positivo, você pode adotá-lo ou se for negativo, com certeza o rejeite. 
Atenção:
Se ficou dúvidas ou quiser comentar, seja para criticar, elogiar, retificar ou acrescentar, use o espaço abaixo para isso, que teremos o maior prazer em responder.
Ajude-nos na divulgação este espaço, compartilhando nossas matérias com seus amigos. Para isso, use o atalho para as redes sociais, que se encontram ao final do post ou indique o endereço do site aos mesmos.
Finalmente, agradecemos sua visita e parecer. Muito obrigado!
A Matemática Aqui é Simples e Descomplicada!






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ficou alguma dúvida sobre a postagem acima ou quer deixar uma sugestão?
Escreva seu comentário no espaço apropriado, seja para elogiar, criticar ou expor dúvidas, que publicaremos e responderemos o mais rápido possível.

Atenção: Serão excluídos os comentários contendo propagandas e também aqueles que faltem com o respeito e educação a qualquer usuário do Blog ou, os que venham induzir nosso leitor a acessar conteúdos impróprios e eticamente não recomendados. Desde já, agradecemos sua participação!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...