Agradecemos sua visita. Aproveite e cadastre-se gratuitamente como seguidor(a).

Aqui a Matemática é Simples e Descomplicada! Acesse, comente e compartilhe nossos artigos.
Hoje é


Entenda os Paradoxos da Educação no Brasil e o que Fazer para Melhorar sua Qualidade! - Para acessar: →

Translate

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Nova Metodologia da Matemática!

A Importância da Metodologia no Ensino de Matemática!
Sabemos que a tarefa essencial que é cobrada por todos e pela sociedade é que o bom professor, seja de Matemática e das demais disciplinas devem ensinar principalmente os alunos a fazer contas aritméticas, as noções básicas e tudo sobre cálculos, ou seja assimilar esses conceitos básicos porque eles irão usar isso no seu dia a dia. Mas, sabemos que hoje as calculadoras também fazem essa tarefa e nossa sociedade espera muito mais dos nossos atuais professores, ou seja que eles ensinem outras competências que tornem nossas crianças mais participativas e autônomas, e que seja capazes de resolver problemas, como por exemplo, digitar, ler, entender a linguagem usadas nos teclados, e também saber operar máquinas para produção diversas, assim como manusear máquinas industriais, agrícolas, etc. Outra competência é que eles ainda sejam capazes de ler gráficos, tabelas e entender um pouco de estatística, saber usar porcentagem, frações ou que possam construir novas ideias para resolver os problemas cotidianos que surgem com essa nova ordem econômica, além daqueles abordados em sala de aula. Por tudo isso, esse novo profissional da Matemática deveria estar antenado, não somente com os principais conteúdos das matérias de que estão habilitados, mas também ter pleno domínio do que se passa ao seu redor, assim como dominar as tecnologias disponíveis, ter noções de cidadania e política, entre outros assuntos de interesse sociais, ou seja educar o aluno para que ele seja inserido no mercado de trabalho e para participar ativamente da vida em sociedade.

Uma ideia fundamental é que o aluno sempre aprende mais, se o professor encontrar uma forma prazerosa para ensinar, e isso só vai ter exito se ele gostar da aula e de aprender. Assim, há muito prazer em enfrentar os desafios propostos e isso o leva a aprender, mais exige esforços, pois ensinar e aprender dá trabalho, exige dedicação e empenho e deve ser encarado como um desafio a ser vencido por todos educadores. 

O aluno deve participar desse jogo que deve ser sempre um ponto de partida para estabelecer relações matemáticas muito bem definidas pelo professor. É claro que cumprir todo programa curricular, abordando os principais conceitos da Matemática é muito importante e deve ser objetivo de todos que lutam pela qualidade educacional, mas nunca devemos pular ou queimar etapas, ou seja colocar a quantidade acima de tudo, sem que nosso aluno aprenda de forma efetiva os ensinamentos anteriores. Hoje, infelizmente nossa educação em matemática, principalmente no Ensino Médio passa por enormes dificuldades de aprendizado, pois temos como muitos dizem  "Uma Escola do século XIX, um Professor do século XX e um Aluno do século XXI". Então, para conciliar tudo isso e adequar todos num patamar atual, devemos treinar os professores e modernizar a escola, tornando-a mais atualizada com esses desafios atuais e isso exige investimentos pesados na Educação brasileira. Mas, enquanto esses recursos não chegam, não podemos ficar de mãos atadas e vamos focar abaixo como motivar e melhorar o ensino principalmente de Matemática.

A pressa é inimiga do aprendizado de Matemática!






Hoje temos visto que os professores são cobrados e orientados que devem cumprir todo o programa educativo, não importando se os alunos estão aprendendo ou não. Ou seja, estamos usando aquele método equivocado "de quanto mais melhor e não importando com a qualidade da aprendizagem". Nessa visão, todo bom professor seria aquele que cumpre todo o programa no menor tempo possível. Muitas vezes, o professor que está entre aspas atrasado com o programa, não propõe nada além, por pura falta de tempo, por exemplo, a quantidade necessária de exercícios e atividades necessárias para que os alunos assimilem os conteúdos abordados, prejudicando a qualidade do aprendizado. Vimos por exemplo que o método de Xangai, que hoje é adotado em países campeões no aprendizado, em países como na China, Japão, Cingapura e outros, onde a educação é muito valorizada e a estrutura de cada aula, se dá em torno de um único conceito matemático, tais como, por exemplo em aprender adições básicas, resolver uma equação ou entender as frações como parte de um todo. E tudo isso deve ser coberto muito metodicamente, de modo que a aula não avance, antes que cada estudante tenha entendido sistematicamente o conceito estudado na aula.


Na cidade de Xangai na China, o objetivo é assegurar que um conceito seja totalmente aprendido e que ele não seja ensinado novamente no futuro. Os especialistas em matemática dessas potências educacionais consideram o sistema muito rigoroso ou exigente, e que trata-se de uma metodologia altamente conceitual, na medida em que professores baseiam suas aulas em métodos fundamentais e nas leis da matemática, embora os alunos por lá sejam encorajados a representar fisicamente os conceitos usando objetos e imagens para ajudá-los a visualizar as ideias abstratas. Sabe-se que por lá aprende-se até por exaustão, ou seja, repetindo exaustivamente os conceitos até que sejam devidamente entendidos e assimilados por todos.

Talvez a forma como os alunos falam e escrevem sobre matemática possa contribuir para o sucesso do aprendizado na China, pois lá não adianta saber a resposta correta é necessário entender o conceito. Por exemplo, não adianta saber que 2 x 4 = 8 e sim entender que 2 x 4 = 2 + 2 + 2 + 2, ou seja entender os conceitos fundamentais sem apenas os memorizar, porque assim nunca se esquece o conceito aprendido. Retiramos de uma reportagem de um importante jornal chinês o seguinte trecho: "Sempre lhes pedimos para explicar a resposta em frases completas. Ou seja, não adianta escrever apenas a resposta certa, mas entender o conceito. Essa é a chave para construir o raciocínio lógico e a linguagem matemática, que teria sido informado pelo programa de desenvolvimento profissional chamado: Mathematics Mastery, baseado no método asiático". Mas, nem tudo são "flores" por lá,  quando focamos o ensino de Matemática, também existe os críticos desse método utilizado, os quais afirmam que o sistema é muito abstrato e não aplica a matemática em cenários da vida real. Outros relatam que o método ensina os alunos a se preparar para as provas, ou seja, a terem um bom desempenho nos exames internacionais, o que na realidade tem se efetivado, pois esses países citados são campeões em avaliações educativas, mas, segundo a crítica, sem adaptar o conhecimento a situações do cotidiano.

CONCLUSÃO!
Não temos a menor dúvida que trabalhar e entender corretamente o conceito dos diversos conteúdos em sala de aula, assim como não ter pressa pode ajudar muito e proporcionar a tão sonhada qualidade no ensino de Matemática. Não sabemos se esse método realmente poderia apresentar bons resultados no Brasil, mas o que sabemos também é que ensinar com pressa e muitas vezes, pulando etapas de aprendizado, não funciona adequadamente pois muitos conteúdos dependem do aprendizado anterior. Por exemplo, como vamos ensinar a multiplicação para um aluno que ainda não saiba contar ou que não sabe somar.
Se quiser novas dicas para alavancar o aprendizado de Matemática, acesse nosso marcador chamado: Pedagogia na Matemática! e lá vai encontrar muitos materiais de grande utilidade para quem sabe ajudar e orientar na otimização da qualidade do ensino de Matemática. 

Atenção!

Se ficou dúvidas sobre o artigo e quiser nosso parecer, deixe um comentário ao final do texto que vamos responder no menor prazo possível.
Gostaríamos de convidá-lo para se cadastrar como nosso seguidor e assim sempre receber nossos artigos na comodidade de sua casa.
Aproveitamos para pedir ao querido leitor que nos ajude na divulgação deste Blog sempre compartilhando nossos posts. Para isso sugerimos usar o atalho para as redes sociais ou divulgar nosso endereço aos seus amigos.
Finalizando, agradecemos pela visita, apoio e participação. Muito Obrigado!
A Matemática Aqui é Simples e Descomplicada!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ficou alguma dúvida sobre a postagem acima ou quer deixar uma sugestão?
Escreva seu comentário no espaço apropriado, seja para elogiar, criticar ou expor dúvidas, que publicaremos e responderemos o mais rápido possível.

Atenção: Serão excluídos os comentários contendo propagandas e também aqueles que faltem com o respeito e educação a qualquer usuário do Blog ou, os que venham induzir nosso leitor a acessar conteúdos impróprios e eticamente não recomendados. Desde já, agradecemos sua participação!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...