Agradecemos sua visita. Aproveite e cadastre-se gratuitamente como seguidor(a).

Aqui a Matemática é Simples e Descomplicada! Acesse, comente e compartilhe nossos artigos.
Hoje é


Conheça Toda Matemática que é Cobrada no Exame ENEM! - Para acessar: →

Translate

domingo, 18 de dezembro de 2016

Quando Menos é Mais?

Você saberia nos dizer em quais situações menos é mais?
Isso parece ser um paradoxo, mas em muitas situações vivenciadas em nosso cotidianos e que veremos nesse texto, curiosamente menos pode representar mais. Matematicamente falando você pode observar nas regras de sinais que normalmente são ensinadas no ensino básico, que quando multiplicamos um número real de valor negativo, por outro real negativo, o resultado sempre será um outro número real positivo. Mas, não pense que é só nessa ciência exata que podemos aplicar isso, veja por exemplo que menos é mais em muitas outras situações e contextos, tais como: quando realizamos menos atividades físicas isso pode representar mais complicações na saúde; depositando menos dinheiro na nossa conta bancária e gastando mais, teremos certamente mais problemas financeiros; ocorrendo menos disciplina na sala de aula, mais reprovações ao final do ano, se o governo alocar menos investimentos em educação, mais deficiência na qualidade de ensino, e assim por diante. Note também que pode ser uma filosofia de vida, que muitas vezes pode nos ajudar ou não a superar dificuldades, uma vez que se acumularmos muitas situações e fatos negativos, isso poderá implicar em mais problemas de tipos diversos. Contudo veja que devemos sempre adotar o equilíbrio ou seja tudo que for adotado em excesso ou em falta, pode causar problemas e dificuldades seja na vida, no trabalho, nos estudos, no relacionamento afetivo, etc.
   
Será que podemos aplicar esse conhecimento em nossas relações sociais cotidianas? 
Ao longo de nossas vidas aprendemos equivocadamente uma filosofia que diz: "quanto mais melhor", ou seja, conseguir mais dinheiro, morar numa casa grande, acumular títulos acadêmicos, ter o melhor emprego e assim estamos simplesmente somando quantidades em dinheiro, sem nos importarmos muito com a felicidade. Dessa forma estamos vivendo, caindo em um círculo vicioso sempre buscando mais e cada vez ainda mais, e o resultado que temos apreciado em nosso cotidiano são pessoas menos felizes, menos realizadas, menos prestativas, mais estressadas e deprimidas, vivendo apenas para buscar recursos financeiros, etc.

Hoje as famílias estão ficando cada vez menores; os jovens estão casando com maiores idades, optando por ter somente um ou até mesmo não terem filhos e talvez a razão seja por estamos sempre muito ocupados, trabalhando cada vez mais, para acumular somas e comprar maiores facilidades, tais como celulares de última geração, televisores com uma super tela e computadores mais potentes, e assim vamos tendo menos tempo para nós mesmos e para cuidar da nossa família; e consequentemente ficamos mais tensos e doentes; com menos tempo para praticar atividades físicas e de lazer, e dessa forma muitas vezes vamos ter mais problemas; usando cada vez mais de mais medicamentos para corrigir os problemas de saúde que infelizmente foram nós mesmos que os atraímos.

Se pararmos pra pensar, certamente você, assim como eu, estamos aplicando sem saber esse pseudo conhecimento, pois embora temos maiores recursos financeiros e vivermos com mais conforto, ainda assim temos menos alegrias e felicidades. Outra aplicação usando a regra de sinais da Matemática nos diz ainda que, se multiplicarmos um número real positivo que tem sinal positivo (+) por um outro negativo de sinal (-), o resultado será sempre outro número com o sinal negativo (-). E, assim podemos concluir que essa mesma multiplicação é a que usamos em nossas vidas. Por exemplo, se fizermos a analogia de uma operação de multiplicação, que na verdade é uma soma de parcelas positivas acumuladas por somente uma parcela de valor negativo, vamos colher resultados cada vez mais negativos. Assim, se multiplicarmos um gordo salário mensal ao longo de vários anos, vamos ter um acumulo de talvez uma grande soma de recursos que pode comprar muitos bens e serviços, mas no entanto se deixarmos de lado, nossa saúde e em consequência, por exemplo, se tivermos problemas com ela, certamente o resultado colhido foi uma triste e lamentável soma negativa, porque como todos já sabemos ter recursos financeiros somente não trás felicidade e muitas vezes pode não restaurar nossa saúde perdida para que ocorresse o seu ganho.

Veja abaixo algumas sugestões para aliviarmos o stress e nos realizarmos mais na vida particular e profissional:






1)  Adote a filosofia da Matemática na sua vida!
Sabemos que é muito difícil viver sem o dinheiro e sem o conforto que ele pode comprar. Mas, como vimos de nada adianta ter ele, sem termos amor, saúde e felicidades. Para termos a soma deles ou seja conseguir ter dinheiro e alegrias, precisamos aprender a realizar outras operações básicas da matemática em nossas vidas, sempre dividindo o amor com as pessoas de nosso relacionamento, subtraindo na medida do possível o stress, as tristezas, a depressão, etc. Então, resumidamente podemos dizer: divida o amor, multiplique as amizades, subtraia tudo que for negativo, como o trabalho em excesso, o egoismo, a ganância, etc. em sua vida e assim, certamente vai conseguir ter uma vida mais feliz, prazerosa, agradável e saudável.

2) Faça planejamento e estabeleça as prioridades para realizar no seu próximo dia de trabalho, na próxima semana, etc.
Planeje o seu dia, a sua semana, o mês, de acordo com uma agenda compatível e saudável, traçando metas, disponibilizando tempo para trabalhar e praticar também o lazer com a família e para realizar atividades físicas. Comece o dia com um único objetivo na mente… Ser feliz e realizar um trabalho honesto. Sugestões do tipo: O que eu posso produzir hoje? Quais clientes e empresas vou visitar? Esse é um produto bom que vai ajudar meu cliente? Coloque tudo no papel, traçando estratégias para cumprir. E, em seguida siga com sua agenda devidamente planejada. Se for vender um produto ou um serviço, certamente foque o lado positivo, pois quase tudo que nossa indústria produz certamente é para promover conforto, trazer mais qualidade de vida, levando de alguma forma benefícios aos seus usuários. É claro que tudo tem um custo que deve ser muito bem avaliado, antes de qualquer tomada de decisão.

3) Não se engane e seja honesto no seu trabalho!
Seja honesto com seu chefe e na sua empresa, pois é ela que paga seu salário. Se você não produzir ou realizar um trabalho decente e coerente, no futuro poderá perder seu emprego, pois a empresa vive de resultados. Numa palestra ouvimos que é muito comum a pessoa chegar às 8 horas para trabalhar, baixar a cabeça e ler todos os jornais, abrir os e-mails, até mesmo aqueles sem importância, reenviar as correntes, inclusive as piadas para os amigos, depois navegar pela Internet nos mais variados sites de fofocas e notícias e quando se dá conta já são 10 horas e nada produziu. E aí sair em disparada sem tempo para cumprir sua agenda de forma apressada. Será que agindo assim você está sendo honesto profissionalmente? Pense nisso e leve esse conhecimento a todos da empresa que faça parte.

4) Evite desviar sua atenção em horário de trabalho.
Focar no trabalho e em realizar suas atividades laborais com empenho, pode o ajudar a colher bons frutos e resultados positivos. Por exemplo usar o telefone e o celular para fins particulares no trabalho, certamente vai interromper o curso normal e causar perda de produtividade, e isso deveria ser o primeiro da lista que tem que ser cortado, evidentemente quando estivermos em horário de trabalho. Pois toda vez que você é interrompido, seu cérebro demora um bom tempo para se restabelecer e retomar a linha de raciocínio, e lá se vão preciosos minutos do seu dia e consequentemente de perda de produtividade.

5) Fazer menos muitas vezes pode ser a estratégia para ganhar mais!
Sempre ouvimos dizer que o hábito de parecer estar constantemente muito ocupado, ainda é muito comum entre os funcionários, porque as pessoas são pagas pelo tempo em que estão dentro das empresas, ou seja supostamente trabalhando. O fato é que você não ganha mais pelo tempo que fica na empresa, e sim pelos resultados que busca e traz para ela. Certamente devemos parar de parecer que estamos sempre atarefados e ocupados, e que nos tornássemos mais produtivos. Estabeleça sempre uma meta com as coisas mais importantes do seu dia que precisa fazer e realizar! Muitas vezes fazer menos, pode acabar gerando maiores lucros e resultados. Lembre-se de que em muitas situações o cliente está do lado de fora de empresa, talvez esperando por sua visita e realizar negócios e assim quem sabe, buscar resultados positivos para a corporação que você trabalha.

CONCLUSÃO!
Espero que tenham gostado do post e que o compartilhe com seus amigos e pares. Para isso, sugerimos que use o atalho para as redes sociais que estão presentes ao final do artigo ou ainda que indique o nosso endereço aos mesmos. Nesse artigo, veja que devemos pesar bem os valores, equilibrando as nossas forças para que tenhamos sucesso pessoal e nos negócios, atuando sempre de forma honesta, equilibrada e coerente, mas sem dificultar ou prejudicar nossas relações sociais com amigos e familiares, inclusive cuidando de nossa saúde física e mental. Hoje as relações humanas e de trabalho estão ficando cada vez mais desgastadas por inúmeras razões, dificuldades financeiras por que passa as empresas e nosso país, a corrupção desenfreada de governantes e políticos desonestos, com a participação criminosa de muitas grandes corporações, dificultando enormemente a concorrência honesta e prejudicando extremamente nosso país e a todos habitantes, com uma carga excessiva de impostos e taxas para financiar esses desmandos citados.

Se quiser deixar sua opinião sobre o assunto, ou se ficou dúvidas e quiser nosso parecer, deixe um comentário ao final do artigo que teremos o maior prazer em publicar e elucidar sempre no menor prazo possível.


Aproveitamos para convidar o caro leitor(a) para se cadastrar gratuitamente como seguidor do Blog e ainda vai nos ajudar no fortalecimento e consolidação desse que tem vem se transformando num importante espaço educativo, onde tudo aqui é disponibilizado sem nenhum custo, inclusive vai receber todos nossos artigos na comodidade de seu lar.


Finalizando, agradecemos o leitor(a) pela visita e apoio. Muito obrigado!

A Matemática Aqui é Simples e Descomplicada!







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ficou alguma dúvida sobre a postagem acima ou quer deixar uma sugestão?
Escreva seu comentário no espaço apropriado, seja para elogiar, criticar ou expor dúvidas, que publicaremos e responderemos o mais rápido possível.

Atenção: Serão excluídos os comentários contendo propagandas e também aqueles que faltem com o respeito e educação a qualquer usuário do Blog ou, os que venham induzir nosso leitor a acessar conteúdos impróprios e eticamente não recomendados. Desde já, agradecemos sua participação!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...