Muito Obrigado pela visita! Aproveite para se cadastrar gratuitamente como seguidor(a).

Todo bom professor ensina, mas também aprende com seus alunos! Conheça aqui mais de 400 artigos relacionados com Educação e a Matemática. Acesse e compartilhe!
Hoje é


Quer aprender Raciocínio Lógico, realizando muitas atividades e estudando sozinho? - Para acessar: →

Translate

domingo, 23 de abril de 2017

A Matemática e Deus!

De acordo com Pitágoras de Samos que foi um grande pensador, filósofo e matemático grego, "Deus não era um matemático, a matemática era Deus!". Segundo ele o número era a substância de todas as coisas, inclusive o Universo e a Geometria seria o conhecimento da existência eterna. Outro grande pensador que foi Platão, em um de seus pensamentos mais famosos nos disse que "A igualdade geométrica é de grande importância entre deuses e homens". Assim, para Platão, a matemática estaria intimamente associado com o divino. No entanto podemos afirmar que a matemática envolve a razão, a exatidão baseada em situações e fatos comprovados cientificamente, enquanto que a religião, propaga os acontecimentos sagrados, os milagres, a fé e os dogmas inerentes aos livros sagrados. Talvez no futuro, religião e ciência possam se encontrar para explicar os mistérios ocultos que agora somente podem ser compreendidos através da fé. Veja por exemplo o Darwinismo, usa uma teoria evolucionista fundamentada nas ideias do naturalista inglês Charles Robert Darwin, na qual são propostos mecanismos baseados na seleção natural, para explicar a origem, a transformação e a perpetuação das espécies ao longo do tempo. E, que foi duramente criticado por muitos setores da igreja, por se contrapor aos escritos bíblicos que eram defendidos por muitas religiões, mas que já foi superado em nossos dias atuais, evidentemente por tal fato ser aceito como verdade por muitos de seus fiéis e que comungam dessa mesma fé defendida pela igreja. 

Segundo muitos setores defendidos por alguns líderes da igreja católica, não faz diferença alguma para nossa salvação, saber se a geometria de nosso universo é euclidiana ou não, inclusive se a mecânica quântica vem revolucionando a física quântica, aceitar as teorias da relatividade que Albert Einstein nos deixou em seus estudos e pesquisas, ou até mesmo se o Big Bang explica corretamente como se deu a grande explosão que teria sido o começo de tudo, pois seriam teorias do intelecto humano sem relacionamento com a fé e a moral. 

COMO A CIÊNCIA PODERIA EXPLICAR TANTOS MILAGRES? 





Não pretendemos com esse texto, de forma alguma questionar ou duvidar sobre os fatos e poderes que a religião exerce sobre os homens e a vida, ou que prega e apresenta como milagres sagrados, como por exemplo, andar sobre as águas, transformar água em vinho, entre outros fatos que são atribuídos ao poder desse grande ser criador de todas as coisas que é Deus. São coisas sobrenaturais que a ciência não pode explicar, ou que seriam necessários uma força de inteligência enorme que somente um ser com o poder da criação teria. Estudos dizem que para transformar a água em vinho, como ocorreu naquele famoso milagre realizado por Jesus para alimentar todas aquelas pessoas citadas na passagem bíblica, seria necessário uma profunda restruturação nuclear e a utilização de uma energia enorme que seria equivalente a cerca de 200.000.000 (duzentos bilhões) de estrelas iguais ao nosso Sol, e isso em apenas um dia, procedimento esse impossível de se realizar pela mão humana. 

Estamos abordando essa passagem bíblica, apenas para uma fazermos uma reflexão sobre a religião, ciência e a matemática, e dessa forma compreendermos nossa pequenez diante de fatos de difícil explicação, por serem tão grandiosos, os quais somente poderiam ser praticados por uma mente poderosa, que muitos a chamam de arquiteto e construtor desse vasto universo. Vale ressaltar a intrigante e famosa frase conhecida por todos que foi escrita pelo grande matemático e escritor Galileu Galilei (1564-1642), afirmando que: "A Matemática é o alfabeto que Deus se utilizou para escrever o Universo". Pensando e refletindo sobre isso, chegamos a conclusão de que é uma bela, curiosa e significativa frase, que é apenas um dos muitos pensamentos que tem a intenção de transformar o criador que muitos chamam por Deus, num criativo Geômetra. Ademais, a geometria está presente na construção e no Universo, dando formas e beleza, como podemos perceber ao observar as formas das estrelas, dos planetas ou simplesmente vendo as belas paisagens brasileiras e outras que vamos encontrar em quase todo o resto do mundo. 


Certamente, a Matemática de Deus é bem diferente daquela que aprendemos na escola, a qual obedece certos padrões numéricos lógicos, apresentando simetrias e uma geometria aplicada, para explicar fenômenos de todos os tipos, com teoremas, axiomas e conhecimentos inerentes. No universo, encontramos todas os ramos da ciência interligados, como por exemplo, existe as leis da física que trata das formas de energias e suas reações, assim como dos elementos estudados na Química, encontrado nas rochas, considerando inclusive as mudanças na temperatura, considerando as características da água salgada ou doce, etc. Como aplicar todos esses conhecimentos para explicar a vida e a natureza? Na escola básica, quando aprendemos um pouquinho da Matemática, sabemos, por exemplo que "A ordem dos fatores não altera o produto". Assim, podemos explicar, por exemplo, que: 1 + 1 = 2; 2 + 3 = 5, 2 x 3 = 3 x 2 e assim por diante. No entanto quando focamos Deus e forças divinas, estamos diante da perfeição, onde tudo se encaixa e obedece os princípios da fé, e isso pressupões acreditar até em fatos que a ciência não pode explicar usando a lógica da ciência ou a retidão e exatidão da matemática.

Na matemática costumamos seguir certos padrões para explicar determinados fatos, considerando a continuidade ou não em gráficos quando focamos funções que variam num determinado espaço. Mas, na natureza esses padrões nem sempre são tão simples, mas eles seguem um padrão lógico, e podemos ver retas, curvas, espirais, interligadas, que embora dificultam o entendimento científico, ainda assim seguem as leis da física e de outros ramos da ciência. Assim, concluímos que a matemática encontrada na natureza, pode até ser questionada, mas obedece princípios e uma ordem lógica, que se processa por exemplo, em espirais ou em curvas entrelaçadas, mas que inevitavelmente, obedece as leis da física para se manterem de pé e em lugares propícios e adequados. Veja por exemplo, que os rios correm e seguem seus cursos obedecendo a topografia e sempre para níveis mais baixos até chegarem aos mares e isso pode ser explicado pela lógica das ciências que conhecemos. 

Quando focamos o grande criador do universo, que as religiões denominam Jeová, Buda, Deus, ..., sabe-se que as coisas se processam dentro de uma ordem que não obedece a lógica matemática e sim, a lógica que dá sentido espiritual. Citando alguns comentários retirados do livro sagrado, "No princípio Deus criou o céu e a terra. Primeiro o céu, depois a terra". Segundo a religião explica, vemos o porque dessa ordem e ela instrui que: "O significado desse texto é bem simples, onde devemos primeiramente buscar o reino espiritual e somente depois encontrar e focar o mundo material". 

Conclusão!
Na humilde visão desse Blog, tentar explicar cientificamente tudo que a religião prega e que considera como verdades e dogmas é uma grande utopia. Na verdade somos apenas um grão de areia, quando estamos diante da grandeza de todo esse vasto universo. Como e quem teria força para criar uma obra tão grandiosa? Será que tudo isso teve início com a grande explosão citada no Big Bang? A resposta é muito difícil de ser encontrada ou provada. As religiões tentam explicar afirmando que isso é uma prova da grandiosidade do grande criador de todas as coisas que ela chama de Deus. Já a ciência, tenta explicar a origem da vida, atribuindo isso a grande explosão do Big Bang, quando tudo teria se iniciado até chegar aos nossos dias, fruto da evolução ao longo dos anos de transformações lógicas que poderiam ser explicadas pelas ciências que conhecemos.
Muitos dizem que a fé pode tudo, como por exemplo: andar sobre as águas, pisar na fogueira e não se queimar, etc.  Para Deus, as pessoas inteligentes que tenham fé deverão buscar em primeiro lugar o Reino de Deus. Ou seja, a religião prega que todos devem " Buscar em primeiro lugar o Reino de Deus e sua Justiça e tudo vos será dado por acréscimo" Esse grande pensamento foi pregado por Jesus, que seria inquestionavelmente o grande criador do mundo que conhecemos. Acho que devemos respeitar a ciência e a religião pelo grande serviço que prestam a todos nós, sempre respeitando a vida e instruindo os homens de fé, propagando a verdade e a moral para vivermos com alegrias e mais felizes.

Espero que tenham gostado do artigo e que o compartilhe com os amigos e pares. Para isso, aconselhamos utilizar o atalho para as redes sociais que estão presentes ao final desse texto, ou indicar nosso endereço aos mesmos.

Se ficou com dúvidas, deixe um comentário no espaço reservado para essa finalidade presente logo ao final do texto, e se estiver ao nosso alcance, responderemos e vamos elucidar sempre no menor prazo possível. Caso contrário, deixamos a pergunta em aberto, para ser respondida pelos nossos milhares de leitores.

Finalizando, agrademos a todos pela visita e apoio. Muito obrigado!
A Matemática Aqui é Simples e Descomplicada!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ficou alguma dúvida sobre a postagem acima ou quer deixar uma sugestão?
Escreva seu comentário no espaço apropriado, seja para elogiar, criticar ou expor dúvidas, que publicaremos e responderemos o mais rápido possível.

Atenção: Serão excluídos os comentários contendo propagandas e também aqueles que faltem com o respeito e educação a qualquer usuário do Blog ou, os que venham induzir nosso leitor a acessar conteúdos impróprios e eticamente não recomendados. Desde já, agradecemos sua participação!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...