Muito Obrigado pela visita! Aproveite para se cadastrar gratuitamente como seguidor(a).

Aqui a Matemática é Simples e Descomplicada! Acesse, comente e compartilhe nossos artigos.
Hoje é


Dicas para Ensinar e Aprender Matemática com Bom Humor! - Para acessar: →

Translate

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Os Erros Cometidos nas Provas do Exame ENEM

Conheça os Erros Mais Comuns que São Cometidos nas Provas do Exame ENEM!
Saber quais são os principais erros que cometemos quando vamos prestar as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) pode nos ajudar a evitá-los, quando estivermos diante desse importante exame seletivo. Muitos erros que nós, assim como pela maioria dos candidatos, cometemos na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), certamente poderiam ser evitados, pois eles ocorrem por simples descuido ou por desatenção aos regulamentos, simplesmente por falta de uma leitura minuciosa, detalhada e atenciosa dos regulamentos desse tipo de exame e até mesmo os que são cometidos nas questões das provas. Mas, existem também as pegadinhas verificadas neste tipo de provas que derrubam aqueles estudantes menos atentos e que vale a pena se inteirar. Não vamos aqui focar essas situações de cilada ou que levam muitos candidatos ao engano, pois essas importantes dicas já foram publicadas e debatidas em nosso site. Muitas delas são elaboradas com a nítida intenção de avaliar o nível de atenção dos candidatos e estudantes quando expostos a situações competitivas. Em outras situações as respostas encontram-se estampadas bem no corpo das questões cobradas nas provas, mas que não são observadas pelos participantes. Para conhecê-las integralmente, sugerimos acessar o artigo: Pegadinhas nos Testes e Provas de Matemática!  Mas voltando ao tema, quais seriam as áreas com maires dificuldades e que levam aos maiores erros nessas provas? 

As estatísticas oficiais apontam que entre os anos de 2009 a 2014 as disciplinas da área de exatas foram aquelas que mais derrubaram os candidatos nos exames seletivos do Enem. Sabemos que errar é humano e que todos indistintamente podem ter falhas dessa natureza, mas também que insistir, sabendo de antemão onde eles ocorrem, não é nada inteligível e agradável. De repente a situação nos coloca diante de um processo que pode mudar nossa vida e que vale muito a pena se esforçar para conseguir êxito nas provas seletivas. Não tenha dúvida de que aqueles que se preparam mais adequadamente e tem mais habilidades com esse tipo de prova, leva enorme vantagem e pode conseguir maior êxito. Fatalmente aquele que errar menos, estudar um pouco mais, terá maiores chances de conseguir uma boa nota e quem sabe conseguir uma vaga na universidade tão desejada.

Sabemos de antemão que nesse exame seletivo participam milhares de candidatos e que poucos décimos da nota pode garantir ou não o sonho de muitos candidatos. Por isso resolvemos apontar como e onde ocorrem os erros mais comuns nesse tipo de teste, para que o candidato e nosso querido leitor possa se prevenir e assim evitá-lo, e consequentemente ter maiores chances de sucesso. Fique atento, pois em qualquer tipo de prova, seja na Redação, na prova de Matemática do ENEM ou até mesmo nas demais provas muitas vezes cometemos alguns erros infantis por pura falha de leitura e desatenção, mas os erros mais cometidos que você pode evitar são os que citamos abaixo:








a) Existe o erro cometido absolutamente por descuido e desatenção;

b) Verificamos outro erro por desconhecimento parcial ou total do assunto. E, esse pode ser evitado, simplesmente planejando e estudando mais conscientemente;

c) Erros de revisão ou falta dela nas provas;

d) Falta ou falha no planejamento de estudos e preparação;

e) Economia de tempo. Não perca tempo excessivo e procure responder primeiramente as questões mais fáceis;

f) Outros fatores importantes sobre as provas do Enem.

No primeiro caso, estão aqueles erros que são cometidos pela falta de atenção e de uma leitura minuciosa e detalhada do edital. Normalmente podemos evitar esses equívocos, bastando ter mais cuidado, lendo corretamente e mais atentamente as questões. Pegue o edital e o regulamento e leia antecipadamente tudo e se previna desses equívocos. Já no caso citado na letra b fica mais complicado, pois envolve os conteúdos das provas, mas quando nos vemos diante de situações que não dominamos, o melhor é partir para a próxima pergunta e voltar posteriormente para estudar caso a caso e até descartando as respostas consideradas improváveis ou absurdas.  
Quanto aos equívocos da letra c, tenha em mente que muitas vezes erramos por descuido na revisão da prova ou por não reservar tempo para essa importante atividade. Também existe a preguiça em entender e ler corretamente o que pede a questão. Reafirmamos que se você não reservar um tempo para revisar sua prova, pode ser que até deixe de responder alguma questão, ou que não consiga verificar alguns erros como o que pode ocorrer com cálculos bem simples que são comuns de ocorrerem pela pressa ou mesmo pela ansiedade. 

Quando verificamos a falta de tempo para resolver as questões estamos diante da falta de planejamento ou inexperiência ao prestar esse tipo de prova. É muito importante fazer o cálculo desse tempo que será destinado à revisão. Isso é bem simples e fácil. Primeiro calcule o tempo por questão, dividindo o número de minutos pelo número de questões. Depois disso reserve 0,5 minutos por questão para fazer uma boa revisão. Exemplificando, supondo que no ENEM temos 4,5 h para fazer 90 questões, logo temos 4,5 x 60 min / 90 questões = 3 min/questão. Então, nesse caso, devemos reservar cerca de 45 minutos para fazer uma revisão completa nesse tipo de prova. (90 questões x 0,5 min = 45 min).

Outra sugestão muito sábia é nunca deixar o cartão de respostas para ser preenchido no final. Então, vá preenchendo seu cartão a lápis, bem fraquinho, ou anotando no rascunho as respostas ao longo da prova e depois da revisão passe tudo à caneta definitivamente para o cartão oficial, claro que depois de ter efetuado a revisão antes mencionada.

Muitas vezes perdemos tempo com as questões mais difíceis ou trabalhosas e isso deve ser evitado estrategicamente. De prioridade sempre às questões mais fáceis, já que o ENEM desconta muito quando erramos esse tipo de questão. Para facilitar, anote o número das questões que deverão ser resolvidas e as que deverão ser revisadas na parte frontal da prova.

Uma outra dica que funciona é sempre ler a pergunta antes do enunciado. Muitas vezes poderemos resolver testes sem mesmo ler o primeiro e segundo parágrafo do enunciado. Isso economiza tempo e pode ajudar muito em provas longas como a do exame aqui tratado. Além disso, essa técnica, costuma funcionar muito bem nas provas de Matemática.

Com relação aos outros fatores que podem ajudar ou prejudicar o desempenho, citamos por exemplo, a teoria de resposta ao item (TRI) que é a metodologia de avaliação usada pelo Ministério da Educação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e que ele não contabiliza apenas o número total de acertos no teste. De acordo com o método, o item é a unidade básica de análise. O desempenho em um teste pode ser explicado pela habilidade do avaliado e pelas características das questões (itens). Isso significa que se você acertar as difíceis e errar as fáceis sua nota irá despencar. Nesse sistema devemos acertar as questões fáceis, as médias e as difíceis nessa ordem, ou seja se um aluno acertar 20 fáceis e 10 médias terá 30 acertos e um outro acertar as mesmas 20 fáceis e 10 difíceis terá os mesmos 30 acertos, porém o segundo aluno terá uma nota menor, porque supõe-se que o primeiro aluno acertou porque sabia, enquanto que o segundo poderia ter chutado as respostas para conseguir os mesmos acertos. 

Considerações finais sobre a prova do Enem!
Também reforçamos que com relação aos conteúdos é importante fazer um planejamento de estudos e se dedicar aos estudos rotineiramente. Se puder fazer um cursinho de preparação, isso também será muito valioso e oportuno.
Comece estudando o básico e em seguida, busque outros conhecimentos mais avançados.
Na Álgebra, há um nível de abstração enorme e o pior é que não é só na Educação Básica que isso ocorre. Os problemas com a Matemática transcende e atinge inclusive o nível Superior. A grande maioria dos professores do ensino fundamental não buscam recursos baseados na linguagem cotidiana, para introduzir conteúdos, principalmente quando tratamos de Álgebra Matemática. Pela falta de interesse, gosto e motivação, a maioria das pessoas não estuda os conteúdos principais de Matemática e consequentemente não aprende. Com isso as médias das provas dessa disciplina muitas vezes fica muito baixa. Para mudar essa situação é comum nas provas do ENEM aparecer os famosos “quadradinhos” ou “tirinhas” que ajudam a conectar o aluno com o conteúdo e trazê-lo para a sua realidade cotidiana.
Quer saber mais sobre como são algumas questões das provas, temas da redação e demais orientações importantes para se dar bem no exame Enem, favor acessar nosso marcador chamado: Exame Enem e boa leitura!  

CONCLUSÃO!
Quantas vezes temos conhecimento de que alguns candidatos e estudantes dedicados não conseguem êxito porque ficam ansiosos e nervosos e dizem que aparece aquele famoso branco bem na hora das provas. E, ficamos pensando porque isso ocorre? Para discutir esse distúrbio na memória talvez teríamos que publicar um novo artigo. Mas, em poucas palavras podemos avaliar que isso ocorre em situações de estresse por cobranças sociais ou por medo de falhar e ser contestado. Na maioria das vezes esse bloqueio passa em poucos minutos, mas existe algumas situações que leva até dias. O que o estudante deve fazer é ficar calmo, aliviando o pânico e tendo em mente que ele se preparou e que vai se lembrar de tudo que estudou em seguida. Uma boa dica é partir para outra questão ou até prova que domine mais e retornar assim que estiver mais calmo e tranquilo. Ter uma boa noite de sono antes das provas, buscando atividades físicas relaxadoras também ajudam. Se quiser saber mais, porque já passou por isso, busque ajuda antecipadamente.

Finalizando, caso tenha gostado do artigo pode compartilhar e sugerir a todos os amigos. Para isso, use os atalhos para as redes sociais que estão presentes ao final do texto ou indique nosso endereço aos mesmos. Talvez essas dicas possam ajudar muitas pessoas que buscam sucesso nesse importante exame seletivo.

Se ficou dúvidas, deixe um comentário ao final do post que vamos responder no menor prazo possível.
Aproveitamos para agradecer o leitor pela visita e apoio. Muito obrigado!
A Matemática Aqui é Simples e Descomplicada!


    



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ficou alguma dúvida sobre a postagem acima ou quer deixar uma sugestão?
Escreva seu comentário no espaço apropriado, seja para elogiar, criticar ou expor dúvidas, que publicaremos e responderemos o mais rápido possível.

Atenção: Serão excluídos os comentários contendo propagandas e também aqueles que faltem com o respeito e educação a qualquer usuário do Blog ou, os que venham induzir nosso leitor a acessar conteúdos impróprios e eticamente não recomendados. Desde já, agradecemos sua participação!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...